Taxista, policial aposentado, é morto próximo à Estrada dos Romeiros

16132

Sidnei Vittorazzo era sargento reformado da PM e tomou um tiro na nuca ao fazer uma viagem com destino a Barueri

O taxista e policial reformado Sidnei Vittorazzo foi encontrado baleado por volta das 19h40 do sábado, 26/8, na rua Afonso Crudo, uma travessa da estrada dos Romeiros no Jardim São Luís. Sidnei foi atingido por um tiro na nuca e, depois de passar pelo Pronto Socorro Central de Barueri (Sameb), foi encaminhado em estado em grave para o Hospital das Clínicas, onde viria morrer no início da madrugada deste domingo.

vittorazzo2
Sidnei era 3º Sgt reformado da PM

A Guarda Municipal foi acionada no início da noite de sábado por um morador da rua Afonso Crudo, no Jardim São Luís, para atender um homem baleado que estava caído no local. A GCM solicitou o socorro do Corpo de Bombeiros. Tendo sido a vítima identificada como policial reformado, o caso foi transferido para a Polícia Militar.

Inicialmente, Sidnei foi encaminhado a PS Central (Sameb), onde se verificou a gravidade do ferimento e a necessidade de transferência para unidade de saúde que pudesse operá-lo. O destino seria o Hospital Municipal de Barueri (HMB), para onde a família do taxista se encaminhou para acompanhar o atendimento. No entanto, enquanto aguardavam, os familiares foram avisados por contato telefônico da decisão de levá-lo para o HC, onde ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

Sidnei morava em Santana de Parnaíba, onde trabalhava no ponto de táxi ao lado do terminal de ônibus com seu Renault Sandero branco. Segundo informações de colegas de trabalho, por volta de 19 horas ele saiu do ponto com o carro vazio para atender um chamado feito pelo telefone do local. Seria sua última viagem do dia antes de se recolher.

Ainda de acordo com os companheiros, um filho de Sidnei também é taxista e uma filha chegou a trabalhar na praça, mas abandonou a profissão. Terceiro sargento reformado da PM, ultimamente ele pensava em se aposentar também do trabalho no táxi.