Prefeitura fecha laboratório sem avisar pacientes e funcionários

6261

Com o serviço interrompido para demolição do prédio, grávidas que foram ao local não puderam fazer exames

edini

A Prefeitura de Barueri fechou, sem avisar previamente funcionários e pacientes, o Laboratório de Análises Clínicas Externo, que funciona há mais de 30 anos na esquina das avenidas Santa Úrsula e Henriqueta Mendes Guerra, no Centro. Desde a terça-feira, 4/9, o local deixou de atender, cancelando procedimentos anteriormente agendados. A justificativa é que o prédio será demolido para a construção do novo Centro de Especialidades, já anunciado na propaganda da administração municipal.

Na manhã desta quarta-feira, 5/9, um grupo de grávidas que tinha atendimento marcado para o início da manhã foi informado no local que os exames de curva glicêmica gestacional não seriam feitos. “Fiquei as dez horas de jejum que me pediram e, quando cheguei no laboratório, me disseram que deveria ir para o Jardim Tupã, onde também não me atenderam”, contou uma gestante ao Barueri na Rede. “Agora não sei o que fazer.”

legenda
Grávidas fizeram jejum mas não foram atendidas

Os funcionários também não foram orientados sobre como agir. “Ficamos sabendo ontem que ia fechar e ainda não recebemos nenhuma orientação”, afirmou uma servidora ao BnR. Durante estes últimos dois dias, eles foram trabalhar mas passaram o expediente sem atividade nem informação. “A impressão que dá é de que foi tudo feito a toque de caixa, para colocarem as máquinas de demolição aqui antes das eleições”, disse um funcionário.

No fim da tarde, o destino do serviço ainda era incerto. Os funcionários não sabiam onde devem se apresentar para trabalhar na manhã desta quinta-feira. O mais provável, segundo informações não oficiais, é que o atendimento passe para a UBS Edini Cavalcante Consoli, no Jardim Tupã.

Com a demolição do prédio, também deixará de funcionar o Serviço de Assistência Especializada (SAE), que funciona ao lado e realiza exames de HIV, hepatite e sífilis e distribui kits para quem é soropositivo. Funcionários do local dizem ter ouvido informalmente nos corredores que o atendimento mudará de local, mas não sabem para onde vai.

A falta de informação sobre o SAE é ainda mais grave pois, em buscas na internet, o serviço, que já mudou de prédio ao menos duas vezes nos últimos anos, aparece em diferentes endereços nos sites da prefeitura e do governo do estado.

O Barueri na Rede solicitou à administração municipal na terça-feira, 4/9, informações sobre o fechamento do laboratório e para onde irá o atendimento mas, até o fechamento desta reportagem, não obteve resposta.