População elege membros do Conselho Tutelar

2104

Houve filas e tumultos nos locais de votação, a ponto de munícipes terem desistido do pleito

Os munícipes de Barueri foram às urnas no domingo, 6/10, para eleger os novos membros das duas unidades do Conselho Tutelar da cidade. Leitores do Barueri na Rede relataram que houve tumulto nos locais de votação.

Emef Elvira, com votações do CT 1, teve filas para o lado de fora/ Foto: Leitor BnR

No local de votação do Conselho Tutelar 1, na Emef Profª Elvira Sales Nemer, houve filas quilométricas, confusão e muitos munícipes que foram até o local desistiram de votar, já que a ação é facultativa. Na Emeief José Emídio de Aguiar, do Conselho Tutelar 2, as filas também foram extensas.

Durante o pleito, foram escolhidos os cinco conselheiros, e mais cinco suplentes, em cada um dos CTs. De acordo com a prefeitura, no CT 1 as conselheiras eleitas foram Cristiane Albuquerque Oliveira (584 votos), Márcia Regina Souza (447), Juliane Rodrigues Saldanha (445), Sara Flor di Maio Santos (445) e Silvia Caetano Leão (442). E os suplentes, Renato Pereira dos Santos (364 votos), Marcos Antônio Paulino (353), Enir Fernandes de Oliveira (289), Altair Rodrigues da Costa (260) e Maria Vilma Simião Frazão (243). Na unidade, que compreende aos votantes da zona eleitoral 199, foram 4.843 votos válidos, 4 brancos e 29 nulos.

Já no CT 2, em que havia dez candidatos, os conselheiros são Maria Lúcia Araújo Feitosa Gabriel (835 votos), Roselene Aparecida da Silva (587), José Teodosio da Silva Neto (525), Gino Gonçalves (344) e Paulo Henrique Ribeiro do Nascimento (293). Já os suplentes são Denilson Resende Campos (277 votos), Nelson Leal Dias (256), Joceilma Melo Santos Sena (156), Lusinario Gomes da Silva (152) e Braulino Gomes Martins (75). Com eleitores da zona eleitoral 386, na escola houve 3.500 votos válidos, 3 brancos e 32 nulos.

Nos próximos dois dias, ainda há margem para candidatos, que se sentiram lesados com o resultado, entrarem com recurso. O resultado oficial será divulgado em até cinco dias úteis no Diário Oficial de Barueri (confira o edital completo).

O quadro definitivo de conselheiros assumirá em 10/1 do ano que vem. O mandato tem a duração de quatro anos, contando de 2020 até 2024. Confira a função e o endereço dos conselhos tutelares na cidade (aqui).

O BnR procurou a prefeitura para saber se para a próxima eleição, que ocorrerá em 2023 para o mandato 2024-2028, será tomada alguma medida para evitar tumultos. Foi afirmado que toda a estrutura necessária foi montada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), e teve o apoio de funcionários da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Sads), dos atuais conselheiros e do Ministério Público, totalizando 140 pessoas nas duas escolas. Com relação às filas, a secretária da Sads, Adriana Bueno Molina, declarou que ‘como em todo pleito, existem filas, mas em termos de estrutura, todo o necessário foi feito’, e que o aparato será mantido para a próxima eleição.