Policia Federal faz apreensão de munição letal em Barueri

8278

Projéteis foram apreendidos após encomenda ser retirada nos Correios

Um homem foi preso pela Polícia Federal em uma agência dos Correios, em Barueri, na última quinta, dia 27/4, após retirar uma encomenda que continha munição de alto poder de destruição. O material foi identificado e rastreado pela polícia até seu destino.

Projétil abre-se ao atingir o alvo
Projétil abre-se ao atingir o alvo

O material, segundo o site de notícias Extra, foi localizado no aeroporto internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro. Uma fiscalização conjunta da PF e da Receita Federal detectou que dentro de uma caixa de equipamentos estavam escondidas munições do tipo R.I.P. (Radically Invasive Projectelly – projéteis radicalmente invasivos, na sigla em inglês).

A polícia rastreou a encomenda até sua retirada nos Correios de Barueri, onde a apreensão foi realizada. Junto com os 135 projéteis R.I.P. de 9 e 7,62 milímetros, foram apreendidos 16 carregadores para pistolas 9mm, pistolas ponto 40 e fuzis AK47 (Avtomat Kalashnikova, de fabricação russa). O homem, cuja identidade não foi revelada pela PF, foi indiciado por tráfico internacional de armas.

Lançados em 2014 em uma feira de armas nos Estados Unidos, os projéteis do tipo R.I.P. são extremamente letais e tem alto poder de destruição. Após atingir o alvo, a bala abre-se como uma flor e se espalha em várias direções dentro do objeto atingido. Por esse motivo, ficou conhecido como Rest In Peace (sigla similar para Descanse Em Paz, no inglês).