Pilotagem Preventiva: inscrições abertas

212

O curso é bimestral, composto por aulas práticas e teóricas, e totalmente gratuito. As inscrições já podem ser feitas pela internet 

Aula prática
Curso tem como objetivo aumentar a segurança e o controle do veículo para quem anda de moto. Turmas são formadas a cada dois meses/Fotos: Divulgação

O curso de Pilotagem Preventiva, oferecido pela Defesa Civil de Barueri, já está com as inscrições abertas para a próxima turma, que deve começar o treinamento em Outubro. Quem tiver interesse já pode acessar o site e garantir a vaga. O curso é realizado em duas etapas: no período da manhã, na Secretaria dos Assuntos de Segurança (conteúdo teórico) e no período da tarde, no estacionamento do Senai – Barueri (conteúdo prático). 

A iniciativa tem o objetivo de aumentar o a segurança, e também o conhecimento sobre técnicas de prevenção de acidentes, para quem usa a moto como meio de transporte – seja para simples locomoção, como ferramenta de trabalho ou apenas como lazer. Dados do Infosiga, sistema de informações sobre acidentes em território paulista, revelaram que em 2015, o número de motociclistas mortos no trânsito de São Paulo era quatro vezes maior do que motoristas de carros envolvidos em acidentes.

Ceccarelli
Gustavo Ceccarelli é instrutor formado e certificados pela Honda Brasil desde 1998./Foto: Arquivo pessoal

Entre 2011 e 2014, anos que o governo federal adotou a redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para a indústria automotiva, o número de acidentes anuais de motos saltou de 194 mil para 497 mil, um aumento de 156% em apenas três anos. Para Gustavo Ceccarelli, instrutor do curso em Barueri, toda oportunidade de aprimoramento de pilotagem é fundamental. “Fazemos um trabalho que envolve vidas, de educação mesmo. São pequenos detalhes que podem salvar a vida do motociclista”, afirma. Ceccarelli faz parte da quarta geração de uma família de pilotos de motos, é formado em uma das primeiras turmas de instrutores certificados pela Honda no Brasil, em 1998.

Felipe Augusto Cordeiro, 40 anos, morador do Jardim dos Camargos, é motociclista e está fazendo o curso de Pilotagem Preventiva. Para ele, toda informação é bem vinda e pode fazer a diferença da hora de pilotar. “A motocicleta é um excelente veículo de transporte. Ela reúne economia, rapidez, facilidade de estacionamento, agilidade, dentre outros muitos benefícios. Contudo, requer maiores cuidados, referenciando-me aos seus condutores, uma vez que acidentes podem ocorrer e, assim sendo, a fragilidade do(s) ocupante(s) é mais evidenciada”, resume.

Motociclista habilitado desde os 20 anos, Felipe usa a moto para transporte diário – com certo revezamento com o carro, como em dias de muita chuva, por exemplo –, mas também para lazer. “O curso, além de possibilitar maior conhecimento sobre vários aspectos de pilotagem, foi ministrado de forma gratuita e por um instrutor altamente capacitado”.  

Mulheres motociclistas

ilustrac3a7c3a3o-mulher-na-cg-19766Igor dos Reis – responsável pela administração do curso de Pilotagem Preventiva – aproveita e manda um recado para as mulheres motociclistas. “Notamos uma adesão muito baixa de mulheres ao curso. Temos visto muitas motoqueiras que não têm se preocupado com essa questão. Para essa edição, por exemplo, temos duas mulheres entre os 37 participantes”, ressalta.

O anuário da Abraciclo de 2015 – que registra o crescimento da representatividade feminina em relação ao total de habilitados na categoria A (motos) – registrou um crescimento estável desde 2010, chegando ao patamar de 21% no final de 2014. Isso quer dizer que para cada 100 pessoas habilitadas para pilotar motos, 21 eram do sexo feminino.

Detalhes do curso

Aula teórica
Formação prevê aula teórica com conceitos sobre segurança na pilotagem

O curso, composto por aula prática seguida de aula teórica, destaca alguns pontos fundamentais para aumentar o controle da moto e a segurança do condutor. Alguns fundamentos, como evitar o desgaste irregular dos pneus; conduzir a motocicleta de forma segura; a forma correta de frenagem; o equilíbrio como forma de segurança, principalmente em curvas; e o uso correto (e adequado) dos retrovisores estão entre as dicas de segurança para quem encara a vida, e o trânsito, em cima de duas rodas.

É importante lembrar que para participar do curso, o motociclista tem que ser habilitado, ter moto própria e que o veículo deve estar com os sistemas de freio revisados.

A inscrição pode ser realizada por meio do link Inscrição Pilotagem Preventiva, e as dúvidas poderão ser esclarecidas por meio do telefone 4199-1400 (ramal 188). 

[sam_ad id=”17″ codes=”true”]