Página no Facebook preserva a memória do carnaval de Barueri

536

Perfil reúne fotos e vídeos das escolas da cidade desde os primeiros desfiles e é aberto para quem quiser participar

amantesjorjao
Lendário Mestre Jorjão comanda a bateria da Unidos do São Jorge diante de uma multidão de torcedores

O Facebook ganhou um espaço para preservar a memória das escolas de samba da cidade e registrar os passos futuros. Criado em 19 de janeiro, o perfil Amantes do Carnaval de Barueri é um verdadeiro museu vivo onde estão expostos personagens e entidades que escreveram as páginas daquele que foi o maior carnaval da região e que agora dá seus primeiros passos para retomar os dias de glória. Em menos de 10 dias, a página já conta com mais de 500 membros.

tiago
Tiago: relembrar o passado para valorizar o futuro

Quem teve a ideia e criou o perfil foi Tiago Nascimento, intérprete e fundador da Cadência Paulista. “Para valorizar o futuro é preciso preservar o passado”, diz Tiago, que explica que o perfil no Facebook é uma forma de interação. “Quem participava do carnaval até 2000, vai matar saudade; e quem está chegando agora vai conhecer a história e saber tudo o que foi feito naqueles anos.”

Tiago tem 30 anos e quando o carnaval foi paralisado, tinha 13. “Até ali, tudo o que a gente aprendia era na escola do nosso bairro, eu mesmo cresci dentro da Raízes do Jardim Silveira”, lembra ele. Depois da interrupção, ele peregrinou por agremiações da capital. Foi ritmista da Império de Casa Verde e da Gaviões da Fiel. Em 2008, passou a atuar como cantor, também na Gaviões e na Império. Hoje, quem assistir a vinheta da Acadêmicos do Tucuruvi na Rede Globo vai vê-lo levando o samba da escola.

amantestiago2
Bateria da Raízes: Tiago Nascimento é o menino com tamborim no canto direito da foto

 

“Assim como eu, muita gente acabou indo para São Paulo com o fim dos desfiles em Barueri”, conta. “Mas uma garotada que veio depois nem conheceu a grandeza dos desfiles daqui.” Ele vê o presente como um momento importante para fortalecer o carnaval local. “Vamos mostrar para a região que estamos voltando com força e se os sambistas estiverem unidos, a tendência é a gente se fortalecer.”

O grupo no Facebook é público e aberto. Qualquer pessoa pode acessar e curtir e até mesmo postar fotos e vídeos diretamente. Tiago convida quem gosta de carnaval a conhecer a página, mesmo que não costume desfilar. “É um passeio pelo tempo.”

O nome da página é Amantes do Carnaval de Barueri e quem quiser participar, ou conhecer um pouco mais, é só acessar clicando aqui.