Obrigatoriedade da biometria em Barueri não tem data

2849

Decisão do STF que manteve impugnação de mais de 3 milhões de títulos assustou eleitores em todo o pais

Ainda não há data para que a biometria eleitoral seja obrigatória em Barueri. A Justiça Eleitoral pretende cadastrar todos os eleitores do país até a eleição de 2022, mas muitas cidades estarão aptas já para o pleito de 2020. O calendário definitivo, porém, ainda não foi divulgado. Por isso, este ano, em Barueri a eleição ainda será realizada pelo processo tradicional.

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de manter inválidos mais de 3 milhões de títulos de quem não fez o cadastro biométrico onde isso já é obrigatório causou muita confusão. Em todo o Brasil, eleitores começaram a se perguntar se estariam impedidos de votar nas eleições deste ano.

A biometria é um novo sistema de identificação do eleitor no momento do voto. Na seção eleitoral, um equipamento semelhante ao dos caixas eletrônicos vai conferir as digitais do votante. A intenção é dar mais segurança ao processo e impedir que uma pessoa vote por outra imitando sua assinatura.

O cadastramento já vem sendo feito há vários anos. A Justiça Eleitoral define as cidades que deverão ter o registro total até a eleição seguinte. Então, faz uma campanha de esclarecimento e votação para que a população daquele município se regularize no prazo. Em todo o Brasil, 2,8 mil cidades já estão totalmente cadastradas e, nelas, somente eleitores regularizados poderão votar em 7 de outubro. No estado de São Paulo foram 100 municípios até agora.

Em Barueri, o registro da biometria já foi feito por cerca de 60 mil dos 252 mil eleitores. No período eleitoral, o cadastramento está interrompido, mas voltará a ser realizado normalmente a partir de 5 de novembro. O eleitor deve fazer o agendamento no site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).