Mulher violentada e esfaqueada pode ficar tetraplégica

20775

Agressor fugiu e está sendo procurado pela polícia da região

A jovem de 23 anos que foi atacada por um homem e esfaqueada na Vila Márcia na manhã desta sexta-feira, 8/3, pode ficar tetraplégica. O agressor fugiu do local do crime e está sendo procurado pela polícia em toda a região.

Suspeito do ataque fugiu e foi visto, pela última vez, em Carapicuíba/Fotos: Leitores BnR

Depois de ser atacada em um matagal próximo ao ponto de ônibus em que estava, na estrada das Nações, (saiba mais), a jovem foi socorrida pela GCM e levada para o Pronto-Socorro Central (Sameb) ainda em estado de choque.

Na unidade de saúde, a vítima contou à polícia que o homem tentou manter relações sexuais forçadas com ela mas, como não conseguiu consumar o ato, teve um ataque de fúria e a atacou com uma faca. Um dos golpes atingiu sua coluna e danificou a medula. Ela ainda não consegue movimentar as pernas e braços e corre o risco de ficar tetraplégica.

A mulher afirmou ainda que homem tentou violentá-la com a mão, o que também se enquadra em crime de estupro, segundo a lei. A Polícia Civil de Barueri colheu o relato da vítima na própria unidade de saúde. Funcionários do Sameb, que acompanharam o depoimento, contaram ao BnR que todos que estavam presentes, médicos, enfermeiras, policiais e pacientes, choraram ao ouvir os detalhes contados pela jovem.

A Secretaria de Comunicação municipal afirmou que a vítima, que não pode ter a identidade revelada, foi transferida para o Hospital Municipal (HMB). Desde o início desta tarde, ela está passando por exames de tomografia e avaliação neurológica.

O agressor, identificado como Gesiel Florencio de Lima, de 31 anos, fugiu do local do crime disfarçado de catador de latinhas. Ele conseguiu uma carona com um homem que não sabia o tinha ocorrido e foi até Carapicuíba. A Polícia Civil da cidade vizinha já foi acionada e trabalha em conjunto com a GCM de Barueri para encontrar o criminoso.