Funcionalismo público cria o “Dia da Quadrilha”

101

Servidores municipais vão protestar mais uma vez contra os novos planos de carreira. O termo “quadrilha” é uma ironia contra a classe política

funcperto
Servidores públicos municipais realizaram manifestação diante da prefeitura na noite de segunda-feira, 30/5/Fotos: BnR

O movimento unificado do funcionalismo público de Barueri decidiu programar um “Dia da Quadrilha” para o próximo dia 21. A decisão foi tomada durante manifestação realizada na noite desta segunda-feira, 30/5, diante da prefeitura.

A intenção dos servidores é dar continuidade à mobilização contra os planos de carreira recém-aprovados e pela recuperação das perdas salariais dos últimos anos.

Nesse dia, os trabalhadores pretendem acompanhar pela manhã a sessão na câmara dos vereadores e à noite organizar uma simulação de festa junina na feira noturna. À menção a quadrilha é uma ironia contra a classe política.

[sam_ad id=”12″ codes=”true”]

No ato desta segunda-feira, que reuniu cerca de 100 pessoas, os funcionários voltaram a criticar os planos de carreira e também a reorganização da estrutura funcional da prefeitura, aprovada pela câmara na semana passada.

Segundo os servidores, a nova configuração do funcionalismo atrela qualquer reajuste salarial à arrecadação municipal, mas garante os aumentos para os funcionários comissionados de primeiro escalão.

Por isso, os trabalhadores reivindicam a adoção de uma data-base para negociação do dissídio coletivo. Segundo os líderes do movimento, no entanto, a administração municipal alega que isso iria ferir a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).