Morre Sérgio Freitas, diretor da Benfica

1115

Empresário foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira, 4/4, em seu escritório na garagem da companhia, no Jardim Paraíso

Morreu na manhã desta segunda-feira, 4/4, Sergio Freitas, diretor operacional da Benfica Barueri, empresa de ônibus que na região atua em Barueri, Jandira e Itapevi.

Sérgio tinha 58 anos e assumiu o comando da Benfica das mãos do pai, Alexandre de Figueiredo Freitas, fundador da empresa em Barueri.

sergio
Sérgio comandava a operação da Benfica/Foto: Viva S/A

O executivo foi encontrado morto em seu escritório, na garagem da Benfica, no Jardim Paraíso, por volta das 10 horas, com um ferimento de bala na cabeça. Seu corpo foi removido para o Instituto Médico-Legal de Osasco (IML). A polícia considera suicídio como a principal probabilidade para a causa da morte.

Benfica, 40 anos em Barueri

A Benfica nasceu em 1955 em São Caetano do Sul, numa iniciativa de três irmãos portugueses, Manuel, Filipe e Arnaldo de Figueiredo Freitas. Em 1975, a empresa chegou a Barueri, quando comprou a Viação Boa Vista e um quarto irmão, Alexandre, assumiu a direção do novo negócio.

Em 1977, adotou o nome de Benfica Barueri Transporte e Turismo. Hoje, também opera linhas urbanas em Jandira e Itapevi e interurbanas, dentro do consórcio Anhanguera 2, administrado pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU). Alexandre Freitas continua atuante na empresa, mas havia transferido para o filho Sérgio o comando da operação.

Notícia relacionada

Sérgio Freitas foi vítima do mal do início do século