Megaoperação da PM na região apreende veículos e detém pessoas

210

Com apoio das guardas municipais, polícia montou bloqueios em pontos com alto índice de criminalidade em Barueri, Jandira e Itapevi para flagrar pessoas com problemas com a Justiça e fiscalizar veículos irregulares

blitz4
Megaoperação mobilizou todo o efetivo da Polícia Militar das cidades subordinadas ao 20º BPM/M/Fotos: Polícia Militar

Uma megaoperação da Polícia Militar realizada na terça-feira, 8/11, apreendeu veículos e deteve pessoas nas cidades da região. Participou da ação praticamente todo o efetivo, inclusive policiais que estavam de folga e foram chamados para atuar na blitz. Foram alvo da operação os municípios de Barueri, Jandira e Itapevi, cujo policiamento é de responsabilidade do 20º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (20º BPM/M), sediado em Barueri.

Dois foragidos da justiça foram recapturados e um homem foi preso por tráfico de drogas. Ao todo 529 pessoas foram abordadas nos 30 pontos de abordagem realizados pela operação. Foram retidos ainda sete carros e 17 motos por problemas com a documentação.

blitz2
Guardas municipais dos municípios envolvidos participaram da operação conjunta

Denominada  “Mega Operação”, a ação tinha como objetivos principais coibir a circulação de veículos irregulares, inibir a prática de delitos e diminuir os indicadores criminais. Estiveram envolvidos todo o contingente do batalhão da PM por meio da atuação da Força Tática; Rádio Patrulhamento Motorizado; Rádio Patrulhamento com o Emprego de Motocicleta (Rocam), Base Comunitária Móvel, Policiamento Rodoviário e Grupamento de Radiopatrulha Aéreo (GRPAe), e as guardas civis municipais das cidades envolvidas – de Barueri, foram 60 homens da GCM e 25 viaturas.

Os pontos escolhidos para implantação da operação foram aqueles que apresentam maior incidência de ações criminosas em Barueri Jandira e Itapevi, na área de abrangência do 20º BPM/M, conforme levantamento estatístico realizado pelo Programa de Policiamento Inteligente.

Nos 30 locais selecionados foram implantados três modelos de ação policial. Pontos de bloqueio, onde há interrupção parcial do fluxo de veículos de forma que seja possível a abordagem para averiguação, pontos de visibilidade, que locais em que as viaturas policiais se posicionam com a intenção de demonstrar a presença da PM, e pontos de saturação, quando há patrulhamento ostensivo.

[sam_ad id=”18″ codes=”true”]