Desaparecido volta para casa após 36 horas

2155

Maikon Nogueira saiu de casa no Jardim Reginalice, segunda-feira, 29/5, para entregar currículos e não retornou

Atualização, 31/5, às 6h25

Maikon voltou para casa na noite de terça-feira depois de ficar 36 horas sem dar notícias para a família. Sua esposa relatou ao Barueri na Rede que ele disse que ficou sem dinheiro e dormiu na rua, em Osasco. No dia seguinte procurou a comunidade religiosa que ambos seguem e os membros da igreja o levaram de volta para casa. Por ora o BnR não tem mais detalhes sobre o ocorrido e vai atender o desejo de sigilo se a família assim preferir.

Maikon Nogueira, morador do Jardim Reginalice, saiu de casa na manhã de segunda-feira, 29/5, para procurar emprego e não voltou mais para casa. Ele esteve em Osasco com seu cunhado até às 14 horas, quando se despediu na Estação da CPTM. Depois disso não foi mais visto ou fez contato com a família. Usava calça jeans azul escuro, camiseta branca, blusa preta e tênis.

Maikon tem 29 anos, é casado a oito e tem um filho de sete. Trabalhava como auxiliar de produção até um mês atrás. Desde então procura nova colocação nas agências de emprego da região. Na segunda-feira, por volta das 10 horas, saiu com destino a Osasco, em companhia de um cunhado. Lá os dois passaram o restante da manhã e o início da tarde entregando currículos. Cerca de 14 horas, já nas escadarias da estação, disse ao cunhado que voltasse a Barueri porque ele ficaria para resolver algumas pendências e iria mais tarde.

O jovem não carrega telefone celular mas, segundo sua esposa, nunca ficou tanto tempo fora de casa e sempre se comunicou nas ocasiões em que iria se atrasar. Desta vez, porém, não fez mais contato nem foi visto por mais ninguém que o conheça.

A família pede ajuda para quem tiver informações que possam levar até Maikon. Os telefones para contato são 95976-3017 (Débora) ou 97147-6615 (Rosângela), inclusive por whatsapp. Ou ainda procurar o Barueri na Rede, pelo inbox do Facebook ou pelo e-mail [email protected]