Homem que matou mulher no Camargos se entrega

6221

Valdir Gomes de Lima se apresentou na tarde de terça-feira e teve a prisão preventiva decretada

Valdir Gomes de Lima, de 50 anos, o homem que matou com pontapés e socos Maria Salvadora Dias de Oliveira, de 37 anos, na madrugada de domingo, 1º/9, num bar do Parque dos Camargos, entregou-se à polícia no fim da tarde desta terça-feira, 3/9. Ele apresentou-se voluntariamente no 1º Distrito Policial, no Jardim Silveira. Depois de prestar depoimento, ele chegou a ser liberado, mas a Justiça decretou a prisão preventiva e ele acabou sendo preso.

Valdir já cumpriu pena por tentativa de homicídio

Valdir será indiciado por homicídio qualificado com a agravante de ser por motivo fútil. No início da investigação, chegou a ser cogitada a hipótese de ele ser enquadrado no crime de feminicídio, mas o delegado Marcos Alexandre Cattani entendeu que isso não se aplicava ao caso. “Eles não se conheciam, não mantinham nenhuma forma de relacionamento”, justificou Cattani.

O caso ocorreu por volta das 2 horas da madrugada de domingo. No vídeo, registrado por câmeras de segurança do estabelecimento, a mulher aparece agarrando o agressor pelo colarinho durante uma discussão. Ele reage dando socos e pontapés na vítima, que cai no chão e desmaia.

Maria foi encaminhada ao PS do Silveira, onde já chegou sem vida. O agressor fugiu em um carro, mas avisou por meio do advogado que iria se apresentar à justiça.

Segundo o delegado, Valdir já cumpriu pena de três anos de prisão por ter tentado matar um adolescente que impediu que ele assassinasse outra mulher.