Em Jandira, preso suspeito de matar enteada de 4 anos

168

Corpo da menina foi enterrado no quintal da casa em que vivia com a família. Polícia viu contradições nos depoimentos do casal 

Um homem foi preso em Jandira sob suspeita de ter matado a enteada de quatro anos. O corpo de Cinthia, a menina, foi encontrado enterrado no quintal da casa dela, na tarde desta segunda-feira (18), segundo reportagem publicada pelo site de notícias R7.

A garota vivia com a mãe, o padrasto e uma irmã caçula, de dois anos de idade. Vizinhos dizem ter visto a mãe procurando pela filha na manhã de segunda-feira. À tarde, ela registrou boletim de ocorrência por desaparecimento da delegacia da cidade. Ainda segundo a reportagem, ela teria dito aos policiais que não via a menina desde o começo do mês, porque a criança havia ficado sob os cuidados do padrasto.

A polícia então fez buscas e encontrou o local no quintal da casa onde a menina estava enterrada. O padrasto foi detido durante a tarde, depois que a polícia encontrou contradições entre o depoimento dele e da mãe.

O casal foi ouvido novamente durante a madrugada de terça-feira na delegacia. A polícia quer saber se a mãe sabia do crime e qual a participação de cada um dos dois na morte da menina.

A mulher está grávida de dois meses. A outra criança, de dois anos, ficou aos cuidados do conselho tutelar durante a madrugada e, depois, foi entregue a familiares. O corpo de Cinthia foi levado ao IML de Osasco na manhã desta terça-feira para passar pela perícia.