Grávida passa mal dentro de ônibus e Demutran faz escolta até Sameb

2982

A gestante voltava do serviço, no Alphaville, quando desmaiou em um ônibus que vinha sentido Itapevi

Jiane está grávida de quatro meses
Jiane está grávida de quatro meses/Fotos: BnR

No fim da tarde de terça-feira, 22/8, uma gestante de quatro meses, moradora do Jardim Tupã, passou mal dentro de um ônibus intermunicipal da EMTU que vinha do Alphaville para Itapevi e o coletivo acabou sendo escoltado por agentes do Demutran até o pronto-socorro central (Sameb).

Jiane Pitombeira, 39 anos, voltava do trabalho, um condomínio no Tamboré, quando ao entrar no ônibus sentiu muito enjoo e acabou desmaiando. Amparada por Janeide Rodrigues, passageira que mora no Jardim Belval, a gestante foi auxiliada ainda dentro do coletivo enquanto o motorista pedia ajuda num posto policial da Alameda Mamoré. Segundo os agentes de trânsito Costa e Agnaldo, o primeiro atendimento foi prestado por outro agente que estava de moto. “O motorista pediu apoio e a prioridade era salvar a vida da mãe e do bebê”, relatou o supervisor Agnaldo.

O ônibus seguiu então para o pronto-socorro central escoltado pelos agentes de trânsito. Na rua que dá acesso ao Sameb, para onde a grávida foi levada, o motorista, que vinha pela avenida Guilherme Guglielmo (do Ginásio José Correa), precisou fazer um pedaço na contramão, na frente do pronto-socorro, sentido centro, entrando pela emergência com a gestante e os passageiros ainda dentro do veículo. O motivo, segundo o supervisor do Demutran, que ajudou no comboio que escoltou o ônibus onde estava Jiane, foi evitar transtornos no trânsito.

sdfdfsdfs
Janeide acompanhou a nova colega até o atendimento

Ouvida pelo Barueri na Rede enquanto esperava para ser atendida, Jiane contou que está no quarto mês de gestação e ainda não sabe o sexo do bebê. Já a passageira que ajudou e acompanhou Jiane ao pronto atendimento disse que ficou tranquila quando os agentes de trânsito se prontificaram a escoltar o coletivo. “Agora é torcer para que ela e o bebê estejam bem”, desejou Janeide.

Já em casa, a futura mamãe comemorou por telefone o desfecho do susto. “Eu estou ótima, já ouvi o coração do meu bebê e está tudo bem”, disse emocionada Jiane.