Goteiras no José Correa adiam decisão do paulista de vôlei

254

Mais uma vez, problemas no telhado do ginásio impediram times de jogar. Nova partida será nesta quarta

Times chegaram a se preparar para a partida, mas decisão foi adiada/Imagens: Globo Esporte

A primeira partida da decisão do Campeonato Paulista de vôlei feminino, que deveria ter sido realizada na noite de terça-feira, 5/11, foi adiada por causa de goteiras no teto do ginásio José Correa. O jogo entre São Paulo/Barueri e Audax Osasco será realizado nesta quarta-feira, 6/11, às 22 horas, no mesmo local, se os problemas não se repetirem.

O primeiro encontro da decisão estava marcado para as 21h30 da terça e um bom número de torcedores compareceu ao ginásio. Mas a chuva que caiu desde a tarde fez aparecer o crônico problema das goteiras. As equipes chegaram a se preparar para jogar, à espera de que a água parasse de cair sobre a quadra, mas isso não ocorreu. Durante a espera da decisão pelo adiamento, a torcida do Osasco cantava “vergonha”, para a situação. O jogo seria transmitido para todo o país.

Não é a primeira vez que a cobertura do José Correa provoca vexame semelhante. Na última vez, há quase um ano, em novembro de 2018, um jogo também entre Barueri e Osasco transmitido pela televisão foi interrompido no meio por causa de vazamentos no telhado. Na ocasião, a prefeitura alegou que as goteiras eram provocadas por adolescentes que subiam no teto do ginásio par empinar pipas.

Desta vez, a Secretaria de Esportes publicou nota nas redes sociais atribuindo o problema inicialmente à “forte chuva que caiu por mais de cinco horas seguidas em Barueri”. Segundo a pasta, os danos no telhado do José Correa são decorrência do descuido de maus funcionários e de adolescentes que soltam pipas. A nota afirma que procedimentos para reforma do geral do telhado “foram iniciados há alguns meses e o processo segue o trâmite jurídico e burocrático para licitação”.

Barueri e Osasco decidem o Campeonato Paulista em duas partidas. A primeira, nesta quarta-feira às 22 horas no José Correia, e a segunda na sexta-feira, 8/11, Às 21h30, no ginásio José Liberatti.

Veja aqui como foi a vitória histórica sobre o Sesi Barueri na casa das adversárias que colocou o Barueri na decisão.