Giz de Ouro premia os melhores projetos de 2016

628

Foram premiados 55 professores da rede municipal de ensino, que elaboraram os melhores 44 projetos pedagógicos do ano

Troféu oferecido aos três primeiros colocados em cada uma das cinco categorias. Fotos: Mário Trujillo

A Secretaria de Educação de Barueri realizou na sexta-feira, 21/10, a cerimônia de entrega do Prêmio Professor Giz de Ouro 2016, no Teatro Municipal de Barueri (TMB). Foram premiados 55 professores, realizadores dos 44 projetos selecionados entre 160 inscritos nessa edição de prêmio.

A premiação foi comandada pela mestre de cerimônias Márcia de Jesus, auxiliada pelas intérpretes de Libras Rosângela Guilherme Rodrigues e Cleusa Araujo, e foi presidida pelo Secretário de Educação, Régis Luiz Lima de Souza, e pelas coordenadoras Heyde Aparecida Pereira de Jesus, do Ensino Fundamental, e Rosimeire Adriana Vasconcelos Barreiros, do Ensino Infantil. Também fizeram parte da mesa os ex-vereadores Celso Calegare e Eduardo Cavalcante.

O Prêmio Giz de Ouro foi criado em 2000 e premia os melhores projetos pedagógicos do ano, desenvolvidos pelos professores da rede municipal de educação, e tem como objetivo melhorar a qualidade de ensino por meio de trabalhos inovadores.

Os professores PEB I (professor polivalente) e PEB II (professor especialista) são divididos em cinco categorias, relacionadas com a fase da vida escolar em que lecionam e implementam seus projetos.

Veja também: Álbum de fotos da entrega do Giz de Ouro 2016

Premiados

Profª Valdenia Valentim Vieira

A vencedora na categoria I, para professores PEB I, que atuam em Maternal ou Atendimento Educacional Especializado (AEE), foi  a professora Valdenia Valentim Vieira, da Escola Maternal José Martinho Costa Pereira, com o projeto Há Diversidade Aqui, Acolá em Todo Lugar. A partir de uma situação de desconforto de seus alunos em relação a um colego PcD (Pessoa com Deficiência), a professora Valdenia elaborou seu trabalho, dividindo a ação em cinco etapas, objetivando o desenvolvimento de uma visão plural do mundo e o repeito às diferenças entre pessoas, contexto e cultura. Ao final do projeto, as famílias constataram mudança significativa no comportamento das crianças, no convívio familiar e em situações cotidianas.

categoria-1
Clique na imagem para ampliar
Profª Alessandra Rodrigues

A professora Alessandra Rodrigues, da Emei Décio Trujillo, ganhou o primeiro prêmio na categoria II, que contempla os docentes PEB I, que trabalham nas Emeis ou APPs. Seu trabalho, intitulado Bicho de Artista, foi desenvolvido a partir de leituras com os alunos do conto “O Trem das Águas” e da proposta de construção de cobras de papel. Durante a evolução do projeto, Alessandra pode observar o prazer do trabalho em parceria, criatividade compartilhada e capacidade de pesquisa e manuseio dos matérias pelo alunos.

categoria-2
Clique na imagem para ampliar
dupla
Professoras Andréia Ap. de Lima Voltatoni e Seilma Brandão Lucas

Na categoria III, que engloba os PEB I em Emef’s e AEE entre o 1º e 3º anos, o trabalho vencedor foi desenvolvido por uma dupla de professoras, Andréia Aparecida de Lima Voltatoni e Seilma Brandão Lucas, que lecionam na Emef Profª Maria Meduneckas. Alfabetização no Contexto Social é o nome do projeto que busca o reconhecimento, por parte dos alunos em processo de alfabetização, da leitura e escrita como ferramenta para a formação de cidadãos críticos. A partir de situações cotidianas, com ida ao supermercado, leitura de rótulos e criação de listas de compras, a proposta pretende incutir no aluno a importância da leitura e da escrita e a percepção dos vários gêneros textuais.

categoria-3
Clique na imagem para ampliar
viviane
Profª Viviane Cristina Rosso

Entre os professores de Emefs e AEE do  4º e 5º anos, categoria IV, quem levou o primeiro prêmio foi a professora Viviane Cristina Rosso, da Emef Prof. Alcino F. de Souza, autora do projeto Olimpíada de Estudo, nascido da necessidade de motivar o aprendizado e ampliar as possibilidades didáticas do professor.  A proposta é basear o trabalho pedagógico inserido no contexto atual do aluno e, com isso, despertar o interesso no estudo e resultar em autoconfiança e melhora no rendimento escolar.  

categoria-4
Clique na imagem para ampliar

 

sonia
Profª Sônia Mª de Almeida Galvão

Na última categoria, para os professores PEB II, que atuam em Emefs, AEE e EJA (Educação de Jovens e Adultos), venceu o projeto Amigos do Coração da professora Sônia Maria de Almeida Galvão, da Emef Alexandrino da Silveira Bueno.  A partir de várias ações, como entrevistas, seminários, caminhada de saúde, teatro de fantoches e peças de teatro, o projeto da professora Sônia buscou conscientizar todos os envolvidos na vida escolar, sejam funcionários da escola, sejam alunos e sua família, da importância em conduzir a vida de forma saudável para o nosso amigo, o coração. O sucesso do projeto pode ser medido pela interesse dos alunos em participar, muitas vezes trazendo dúvidas da família ou assuntos da mídia para dentro do ambiente escolar.

categoria-5
Clique na imagem para ampliar