Com apoio, Furlan enterra candidatura de Carlinhos

166

Menos de 24 horas após lançamento de pré-candidatura do presidente da Câmara, colegas que o apoiavam aceitam aderir ao grupo do ex-prefeito

O ex-prefeito Rubens Furlan desarticulou o grupo de vereadores que trabalhavam para lançar o presidente da Câmara, Carlinhos do Açougue, à disputa ao Executivo barueriense. Furlan convidou os 12 parlamentares para apoiá-lo na eleições de outubro em troca de recursos para a campanha. Segundo apurou o Barueri na Rede, a maioria já disse sim à proposta, o que inviabiliza a candidatura de Carlinhos.

Depois que Gil Arantes desistiu de concorrer à reeleição, os vereadores que formavam sua base de apoio passaram a discutir o lançamento de um nome próprio para concorrer à prefeitura. O presidente do Legislativo foi o escolhido e oficializou sua pré-candidatura em entrevista coletiva concedida na tarde de quarta-feira, 16/3.

Dia de posse da Câmara: idas, vindas e implosão/Fotos: Jr Holanda

Na ocasião, ele afirmou que havia se lançado para mudar a política da cidade e acabar com a mesmice que há mais de 30 anos gira em torno dos mesmos nomes. Segundo ele, sua candidatura representava o novo. Menos de 24 horas depois, porém, o quadro havia mudado completamente.

Reunião tensa

No fim da manhã de quinta-feira, Rubens Furlan e seu irmão, o vereador Toninho Furlan, promoveram uma reunião com os 12 membros do então chamado G12. O encontro foi na própria Câmara e, nele, o ex-prefeito fez o convite e ofereceu benefícios para quem aceitasse.

A reunião teve momentos de tensão e durou cerca de três horas. Ao fim, as condições oferecidas foram aceitas pela maior parte dos vereadores, o que representava o fim do projeto dos parlamentares. Houve tensão e discussões pelos corredores do prédio.

Os vereadores evitam tocar no assunto, mas está praticamente certo que ao menos oito deles vão migrar para o terreno de Furlan. Quatro nomes permanecem em suspenso. Seriam parlamentares que não gozam da simpatia do ex-prefeito ou outros que não têm interesse de compor com ele.

[sam_ad id=”7″ codes=”true”]

 

As listas com os nomes dos quatro variam de gabinete para gabinete, mas eles estariam entre o próprio Carlinhos, Kaskata, Celso Calegare, Zetti Bombeirinho, Maria Evangelista e Tarzã.

Tudo em 26 de março

No time de Furlan, a informação é que todos os 12 vão aderir, mas só devem oficializar a mudança na sessão solene pelo aniversário da cidade, dia 26 de março. Antes disso, porém, na sessão ordinária de terça-feria, 22/3, as primeiras definiçoes devem aparecer.

A cartada de Furlan confirma seus planos de ter a maioria dos vereadores a seu lado na eleição, conforme publicou o Barueri na Rede em 9/3. Segundo apurado entre assessores do ex-prefeito, ele pretendia ter ao menos 12 parlamentares a seu lado. Hoje, tudo indica que poderá ter mais de 15.

Notícias relacionadas:

Furlan espera atrair 12 vereadores ao menos. Lancaster recua de candidatura

Grupo de vereadores lança Carlinhos a prefeito 

Carlinhos oficializa pré-candidatura: “Nós representamos o fim da mesmice