Funcionária do HMB vendia insulina do hospital na internet

3608

Enfermeira oferecia o medicamento, que é gratuito, em um grupo de vendas no Facebook

Anúncio da venda em grupo de rede social/Foto: Facebook
Anúncio da venda em grupo de rede social/Foto: Facebook

Uma mulher estava vendendo insulina humana num grupo da rede social Facebook. O medicamento era negociado a R$ 80 – R$ 60 no grupo Feira do Rolo de Barueri. No post, a descrição garantia que o produto estava ‘bem abaixo do valor’, dentro da garantia e que deveria ser retirado em Barueri.

Segundo apurou o Barueri na Rede, a pessoa é funcionária contratada como enfermeira pela nova gestora do HMB, a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), que assumiu a administração do hospital em 14/7 depois de uma série de contratempos.

Leia reportagem

Fontes ouvidas pelo BnR revelaram que a enfermeira havia sido identificada pela SPDM e que já estaria sendo instaurado um inquérito administrativo para apurar o caso. O post com a venda da insulina foi apagado da rede social. Procurada, a prefeitura não se posicionou sobre o assunto.