Parque Viana é campeão da segunda divisão

1067

 

Walison brilhou e marcou duas vezes na vitória contra o D. U. BAR

Em jogo realizado neste domingo, 19/11, na Arena Barueri, a equipe do Parque Viana bateu o D.U. BAR por 2 a 0 e se sagrou campeão pela primeira vez da segunda divisão do Campeonato de Futebol Amador de Barueri. Já a equipe do Parque Imperial, além da conquista do vice-campeonato, levou as taças de melhor defesa e time mais disciplinado.

Viana conquista o título e o acesso para a primeira divisão
Viana conquista o título e o acesso para a primeira divisão

O Parque Viana foi criado há cinco anos por amigos, moradores da rua Seringueira, no Parque Viana, que deu nome ao time. No primeiro ano disputaram o rebolo e conseguiram o acesso para a segunda divisão. Após quatro campeonatos disputados, conseguiram levantar a taça do torneio e garantir a disputa da divisão principal em 2018.

A tarde nublada e cinzenta não impediu que torcedores das duas equipes comparecessem na Arena. Apesar de não serem numerosos, podia-se ouvir seus gritos ecoando dentro de campo. E as reclamações também, pois a partida começou truncada, com muita pegada chata e erros de passe.

Partida começou travada e disputada
Partida começou travada e disputada

O Parque Viana começou com ligeiro dominou do jogo, mas pecava no último passe, sendo cobrado constantemente pelo técnico Fábio para que arriscassem chutes de meia distância. A primeira chance real apareceu só aos 15 minutos, quando Pressão recebeu pela direita e avançou até a linha de fundo fazendo um cruzamento, porém a zaga conseguiu afastar.

Dois minutos depois, a equipe do Parque Imperial partiu para o ataque, conseguiu dois escanteios seguidos, mas sem levar perigo à meta adversária. Na sequência, o Parque Viana teve várias chances de romper a defesa do D. U. BAR, mas falhava na conclusão das jogada.

Aos 28, O D.U. BAR teve uma grande chance de abrir o placar.  A zaga do Viana deu bobeira, Lobo roubou a bola na intermediária, chutou cruzado e viu o goleiro adversário fazer uma bela ponte, botando a bola para escanteio. Na cobrança, após a bola ser alçada na área os jogadores reclamaram muito de um pênalti não marcado.

O time da Seringueira respondeu aos 35 minutos. Walison recebeu a bola na intermediária, fintou o marcador e chutou forte. O goleiro André buscar a bola no ângulo. E o fraco primeiro tempo terminou sem que os goleiros tivessem mais trabalho.

Após jogada individual de Walison, Bruno quase abre o placar
Após jogada individual de Walison, Bruno quase abre o placar

No retorno para a segunda etapa, o time do Imperial começou mais aceso e tentando mais o ataque. Aos poucos, a equipe do Viana equilibrou o confronto. Aos 8, Walison fez uma bela jogada. Pegou a bola na lateral, perto do meio de campo, carregou, driblou a marcação e cruzou toda a extensão da área, tocando para Bruno que soltou um petardo, acertando a trave direita do goleiro.

Walison abre o placar para o Viana
Walison abre o placar para o Viana

Aos 12, Walison recebe na direita, dentro da grande área, gira e bate cruzado para uma grande defesa de André. O D.U. BAR respondeu dois minutos depois, Mamá recebeu no meio, se livrou da marcação e partiu em direção ao gol, mas chutou em cima do goleiro, desperdiçando grande oportunidade.  Castigo veio na jogada seguinte. Juninho recebeu na direita e enfiou a bola para Walison que dominou, driblou o goleiro e, quase sem ângulo, bateu para o gol vazio, abrindo o marcador.

Sem alternativa, a equipe do Imperial se lançou ao campo adversário, pressionando, mas sem conseguir chegar ao gol.  Nessa altura, de olhos marejados, o técnico do Viana gritava emocionado “Cinco anos, Seringueira, cinco anos!” aludindo ao tempo que a equipe esperava pelo título.

Walison faz o segundo dele e amplia a vantagem
Walison faz o segundo dele e amplia a vantagem

Aos 33, veio o golpe de misericórdia do Viana. Pressão recebeu na lateral direita, avançou e, num chute despretensioso, viu a bola pingar e encobrir o goleiro que estava adiantado. Walison foi rápido, pegou a bola nas costas do arqueiro e empurrou para o gol vazio, fazendo o segundo dele e do Viana, dando números finais à partida e o título inédito à equipe.

D. U. BAR foi a melhor defesa, time mais disciplinado e vice-campeão
D. U. BAR foi a melhor defesa, time mais disciplinado e vice-campeão