Futsal: Primeira rodada das semifinais deixa vagas em aberto

395

Em partidas equilibradas, o Aliança venceu o Meninos da Vila e o Grêmio empatou no último minuto

O ginásio do Parque dos Camargos recebeu, neste sábado, 28/10, as duas partidas válidas pelas semifinais do Campeonato Municipal de Futsal em 2017. No primeiro confronto, a equipe do Aliança venceu o Meninos da Vila pelo placar de 2 a 1. No segundo jogo, o Grêmio viu o River ficar na frente do placar em duas oportunidades, mas conseguiu buscar o empate no final da partida que terminou num 3 a 3.

Jogos levaram grande número de torcedores ao ginásio
Jogos levaram grande número de torcedores ao ginásio

Os dois jogos foram muito disputados, com muita qualidade e com momentos de tensão. As equipes fizeram valer suas presenças na reta final do campeonato. Apesar da importância dos confrontos e de grande presença das torcidas, não havia nenhuma equipe da Guarda Municipal no ginásio, mas, dentro de quadra, os árbitros conseguiram conter os ânimos.

Com os resultados, Aliança e Grêmio mantiveram as vantagens para as partidas de volta. A data e o local dos confrontos ainda não foram divulgados pela Secretaria de Esportes, organizadora do campeonato.

Aliança 2 x 1 Meninos da Vila

O time do Engenho começou controlando a bola e chegando mais ao ataque. Logo nos primeiros minutos, criou duas oportunidades de abrir o placar, mas as bolas pararam no goleiro Igor. O Meninos respondeu com Saad, que carregou a bola deu um rolinho do adversário, driblou outro, mas foi travado pelo goleiro na hora do chute.

Aos 9 minutos, após se estranharem na recuperação da bola para a cobrança de lateral, Turqueti deu uma cabeçada em Birão e fui expulso. A quadra virou uma confusão e os jogadores do Meninos pressionaram a arbitragem que, após longa pausa, conseguiu acalmar a equipe e reiniciar a partida.

Aliança e Meninos da Vila fizeram jogo pegado e cheio de chances
Aliança e Meninos da Vila fizeram jogo pegado e cheio de chances

O Aliança aproveitou a vantagem numérica e foi para cima do time do Belval, que se encolheu na defesa. No minuto seguinte, Juninho recebeu no córner direito e centrou para Derek empurrar para as redes e inaugurar o placar.

O jogo ficou mais intenso, mas nenhuma das equipes teve oportunidade clara de gol. Até os 17 minutos, quando Tatá recebeu a bola, carregou, driblou o goleiro e acabou chutando no travessão, perdendo a chance de ampliar.

Na volta para o segundo tempo, o Aliança começou dominando a partida e parecia que o segundo gol poderia acontecer a qualquer momento. Nos primeiros minutos, Derek desperdiçou duas chances claras. Na primeira, se livrou da marcação e chutou, mas o goleiro fez uma bela defesa. No lance seguinte, de frente da área, fintou o marcador e chutou forte, mas a bola foi pra fora.

A máxima “quem não faz, toma” se fez presente aos 8 minutos. Caíque recebeu a bola na entrada da área, driblou o marcador e bateu no canto do goleiro, empatando a partida.

Com o empate, o time do Belval sentiu que poderia virar o jogo e se arriscou mais, porém viu o Aliança perder gols seguidos. Aos 9, Tatá recebeu na esquerda e chutou forte, o goleiro espalmou para fora, gerando uma sequência de três escanteios.

Aos 14, Willian tentou em duas oportunidades mas, apesar de perigosos, os chutes não acertaram a meta. No minuto seguinte, a equipe do Engenho conseguiu, finalmente, voltar à frente do placar. Em um lateral cobrado pela direita, Tatá fez o pivô e tocou para Derek, que chegava rápido, chutar forte e bater o goleiro.

O time do Meninos se lançou ao ataque. Aos 17, perdeu duas chances de empatar. Primeiro, Mizinho recebeu livre na direita e chutou no lado de fora da rede. Na sequência, Irlan recebeu defronte à área, se livrou da marcação e chutou no travessão. No minuto seguinte, Saad carregou pela direita e chutou forte na trave. Aos 19, David recebeu de costas para o gol, girou, mas bateu fraco nas mãos do goleiro.

Grêmio 3 x 3 River

A partida iniciou um pouco morna, com ambas as equipes marcando forte, sem dar espaço ao adversário. O Grêmio aparecia um pouco mais no ataque, mas não oferecia perigo à equipe do Engenho. O River tentava chegar ao gol com boas trocas de passes e infiltrações.

O primeiro gol foi sair aos 8 minutos. Zóio chutou do meio da quadra e o goleiro Biel botou para escanteio. Na cobrança, a bola foi parar nos pés de Gustavo, que não desperdiçou a chance e colocou o River na frente do marcador.

A equipe do Grêmio não teve nem tempo de assimilar o gol. Gustavo recebeu a bola, invadiu a área e bateu. O goleiro defendeu, mas deu o rebote e o próprio Gustavo aproveitou para fazer seu segundo gol e ampliar o placar.

River e Grêmio fizeram um jogo equilibradíssimoRiver e Grêmio fizeram um jogo equilibradíssimo
River e Grêmio fizeram um jogo equilibradíssimo

Aos 13, Biro disputou a bola na entrada da área e fez uma falta mais dura em Carlinhos. O clima esquentou e a partida ficou interrompida. No minuto seguinte, Gustavo desperdiçou uma chance de fazer o terceiro gol. Após carregar a bola pela direita e chutar forte, viu Biel fazer uma bela defesa e colocar a bola para escanteio.

Aos 16, o Grêmio conseguiu diminuir. Pablo chutou da intermediária e Rabisco, junto à trave, só colocou o pé e empurrou para o gol. O Grêmio voltava à partida. O jogo ficou muito equilibrado, mas nenhuma equipe conseguiu ir às redes novamente antes do intervalo.

A equipe do Belval voltou acesa para a segunda etapa. No primeiro minuto, Juninho fez um pivô e tocou para Carlinhos, que chutou para fora. Aos 3, Bebê tocou para Rabisco na entrada da área, que chutou no canto esquerdo do goleiro e empatou a partida.

O jogo ficou lá e cá, com várias chances criadas pelas duas equipes. Aos 4, Gustavo desperdiçou duas chances seguidas de botar o River à frente do placar, chutando em cima do goleiro. Aos 7, foi a vez do Grêmio desperdiçar. Juninho chutou do meio da quadra, mas o goleiro colocou a bola para escanteio.

Com empate no último minuto, Grêmio mantém vantagem
Com empate no último minuto, Grêmio mantém vantagem

Só aos 16, o placar foi movimentado novamente. Gustavo roubou a bola na defesa, conduziu até o campo adversário e tocou para Zóio, livre na esquerda, bater e colocar o River novamente em vantagem. O Grêmio avançou seu goleiro e passou a dominar o jogo. Faltando 30 segundos, Rabisco recebeu na esquerda e bateu forte empatando a partida.