Em Fortaleza, Oeste quebra invencibilidade de time de Ceni

185

Rubrão quebra série de seis vitórias dos cearenses em casa pela série B do Brasileirão e se afasta do rebaixamento

oesteforta
Rubrão resistiu à pressão e aproveitou as oportunidades

O Oeste venceu o Fortaleza por 2 a 1 na noite de sábado, 23/6, e quebrou a invencibilidade que o time de Rogério Ceni tinha em casa, pela 12ª rodada da série B do Brasileirão. Com a vitória, o Rubrão abre uma diferença de três pontos para a zona de rebaixamento, sobe para a 14ª posição e espera que a vitória sirva de incentivo para iniciar um novo momento na competição.

O Fortaleza entrou em campo no Castelão com um retrospecto de seis vitórias em seis jogos em casa e procurou se impor desde o início. Mas foi surpreendido logo aos 9 minutos. Em cobrança de escanteio, Leandro Amaro se antecipou e acertou uma cabeçada fulminante no ângulo de Marcelo Boeck para abrir o placar.

A partir daí, os cearenses aumentaram a pressão mas o Oeste se fechava bem. Apenas aos 28 minutos o time da casa ameaçou de fato, mas o goleiro Tadeu salvou com grande defesa. E o Rubrão quase ampliou logo em seguida, mas dessa vez foi o arqueiro do Fortaleza quem evitou o gol de Carlinhos saindo para dividir com o atacante.

O time de Ceni voltou com tudo na segunda etapa e teve três boas oportunidades de empatar nos primeiros minutos. Mas a defesa do Oeste não dava espaço e Tadeu estava em grande noite. Tanto que o gol de empate, aos 17, só ocorreu num chute de fora de Felipe, numa rara bobeira no sistema defensivo rubro-negro que descuidou da marcação.

O empate acendeu ainda mais o time da casa, que esteve perto da virada duas vezes, inclusive com um chute na trave. Mas aos 41 minutos, o contra-ataque do Rubrão finalmente funcionou. Em bola longa, Bruno Lopes recebeu pela direita e tocou para o meio da área. Pedrinho recebeu livre, dominou com categoria ajeitando para o chute e marcou o segundo do Oeste. Não havia mais tempo para a reação cearense.

A próxima partida do Rubrão será na terça-feira, 26/6, às 20h30, na Arena, contra o Avaí. Em Fortaleza, o time de Roberto Cavalo atuou com Tadeu; Daniel Borges, Joilson, Leandro Amaro e Conrado; Lídio, Betinho, Danielzinho (Marcinho) e Daniel Farias (Pedrinho); Bruno Lopes e Carlinhos (Nicolas Careca).