Eleição em Barueri já começa com trocas na Câmara Municipal

229

Em uma semana, três vereadores anunciaram novos rumos. Robertinho e Sérgio Baganha trocam Gil por Furlan e Jânio quer lugar no PT

Os primeiros movimentos concretos do jogo eleitoral de Barueri vêm da Câmara Municipal. Em apenas uma semana, três vereadores declararam mudança de rumo e de partido, e dois deles deixam o grupo de apoio do prefeito Gil Arantes (DEM) para aliar-se ao ex-prefeito Rubens Furlan (PSDB).

robertinho
Robertinho

Na sessão do legislativo de 17 de fevereiro, o vereador José Roberto Mendonça (PR), o Robertinho, anunciou sua saída do partido e da base governista. Ao justificar a mudança, ele disse que já não tinha mais espaço no grupo do governo, o que era uma barreira para seus planos. “Eu tenho um projeto de carreira e, ali, não via possibilidade de concretizá-lo”, afirmou. Robertinho pretende ser candidato a deputado estadual em 2018.

“Não tenho nada contra o prefeito Gil Arantes, mas está cada vez mais difícil defender o seu governo e pedir votos para ele”, explicou. Apesar de anunciar que sua saída formal do PR se dará no dia 3, o destino do vereador ainda não está definido. “Estou conversando com vários partidos e em breve anuncio minha escolha.” Entre as legendas com quem ele estaria conversando estão PSDB e Solidariedade.

Na sessão seguinte (23/2), outro vereador, Sérgio Baganha (SD), também anunciou a troca de Gil por Furlan. Ao justificar sua ida para a oposição, apresentou argumentos semelhantes aos de Robertinho.

baganha
Sérgio Baganha

Nos bastidores da Câmara circulam rumores de que outros membros do Legislativo seguiriam o mesmo caminho. Uma das queixas frequentes diz respeito à formação das coligações. Há quem tema ser colocado em alianças que exijam maior número de votos para conseguir a reeleição.

Jânio e a equação do PT

Também nessa sessão, Jânio Gonçalves de Oliveira (PMDB) declarou que iria filiar-se ao PT para disputar o cargo de prefeito. Contudo, admite que, se a candidatura majoritária não vingar, poderia se candidatar a vereador, em um eventual sexto mandato, pelo partido.

A afirmação causou espanto entre os petistas. Segundo o presidente municipal da legenda, Baltazar Rosa, presente à sessão da Câmara, o partido desconhecia o desejo de Jânio.

janio
Jânio

Em conversa com o Barueri na Rede, Baltazar afirmou que após o encerramento da sessão, conversou brevemente com Jânio e disse que levaria seu pedido para apreciação do partido. Ele lembrou que o PT tem procedimentos criteriosos para filiação e postulação a cargos eletivos. “O Jânio é um grande quadro, tem muitas afinidades conosco, mas esse tipo de decisão é tomada pelas instâncias do partido”, disse.

Jânio, que começou sua vida política no PT, já fez outras tentativas de retorno à legenda sem, entretanto, obter sucesso. O partido discute nesse momento as possíveis coligações para as eleições municipais desse ano e Jânio seria mais uma variável nessa equação.