Devedores do Prohab têm mais 180 dias para saldar débitos sem juros

169

Prazo para beneficiários do programa renegociarem e saldarem valores em atraso sem pagamento de multas e juros foi ampliado por mais seis meses

prohab2

Os beneficiários do Programa de Habitação de Interesse Social de Barueri (Prohab) que estão em atraso terão mais seis meses para renegociar suas dívidas sem pagamento de multas e juros. A lei que autoriza o aumento do prazo foi aprovada pela câmara na sessão de 11/10 e falta apenas a sanção do prefeito Gil Arantes para entrar em vigor.

Uma lei municipal que vigora desde abril eliminou a cobrança de multas por atraso nos pagamentos das prestações aos mutuários do Prohab. Essa mesma lei abriu prazo de 180 dias para os devedores saldarem seus débitos e refazerem seus contratos com dispensa de pagamento dos juros de mora previstos nos contratos.

O prazo para renegociação venceu em 6 de outubro e agora foi estendido por mais 180 dias. Para justificar a prorrogação, a prefeitura argumenta que, mesmo passados os seis meses previstos, o número de inadimplentes ainda é muito grande, pois as notificações aos devedores estão sendo feitas uma a uma e o quadro de servidores responsáveis pelas convocações é pequeno.

Além disso, afirma a administração municipal, os mutuários são, em geral, pessoas de baixa renda e muitas pessoas estão enfrentando dificuldades financeiras por causa da crise econômica nacional e do aumento do desemprego.

[sam_ad id=”12″ codes=”true”]