Definição do mata-mata do futsal fica para a última rodada

496

Com Aliança garantido em primeiro, mais três equipes estão classificadas e outras cinco lutam pelas demais vagas

Foram realizados na tarde de sábado, 16/9, no Parque dos Camargos, os três jogos da 11ª rodada, que haviam sido adiados por conta de goteiras no ginásio. Os resultados deixaram quatro equipes classificadas para as quartas de final. Cinco times disputam as quatro vagas restantes na última rodada. São elas Vale do Sol, Ponte Preta, Rua da Bica, River e Fernão.

No primeiro jogo da tarde, o Fernão bateu o Predinhos Itaquiti por 2 a 1. Em seguida o Vale do Sol encaminhou sua classificação ao golear o Trovoada por 4 a 0, e ainda desclassificar matematicamente o adversário. Fechando a rodada, o Grêmio venceu o River de virada por 3 a 2 e se garantiu nas quartas de final.

Trovoada 0 x 4  Vale do Sol

Quarto gol do Vale do Sol
Quarto gol do Vale do Sol

A equipe do Trovoada iniciou a partida sem nenhum suplente no banco. O jogo começou equilibrado com as duas equipes se estudando, mas o gol não demorou a sair. Em cobrança de falta, Nando bateu rasteiro e abriu o placar para o Vale do Sol. O Trovoada se lançou ao ataque. Levi tentava jogadas pessoais para furar a defesa adversária, mas as vezes perdia a bola e dava oportunidade do contra-ataque.

O Trovoada teve duas chances claras de gol, em sequencia. Na primeira, o time recuperou a bola na defesa e Levi partiu em direção ao gol com a bola dominada, mas o goleiro Paulo cresceu para cima do atacante e conseguiu defender seu chute. No lance seguinte, Tiago Guimarães interceptou a bola na defesa, avançou livre e tocou para Célio que viu o goleiro Paulo fechar os espaços e impedir o gol.

Mas, quem voltou a marcar foi o Vale do Sol. Geandro recebeu a bola na linha de fundo, pela esquerda, e centrou para Ade que fuzilou o goleiro Gordão, ampliando o placar. Fim do primeiro tempo.

No retorno para o segundo tempo, o jogo ficou mais faltoso e com muitas reclamações. Apesar das inúmeras tentativas, o Trovoada não conseguia fazer seu gol e acabou tomando o terceiro. Cleiton roubou a bola na defesa, carregou e enfiou para Ade, na cara do gol, fazer seu segundo na partida. O clima estava quente com vários bate-bocas.

Quando a partida se encaminhava para o final, Tiago Guimarães fez uma falta por trás na entrada da área e foi expulso, deixando o Trovoada com quatro atletas em quadra. Na cobrança da falta, Nando bateu e Gordão defendeu, mas deu o rebote e o próprio Nando empurrou para as redes, marcando o quarto gol do Vale do Sol e decretando o placar final.

Grêmio 3 x 2 River

Gremio e River fizeram jogo equilibrado no Parque dos Camargos
Grêmio e River fizeram jogo equilibrado no Parque dos Camargos

O jogo começou muito equilibrado com duas equipes muito técnicas, marcação forte, com boas triangulações por parte do River e jogadas laterais do Grêmio. Juninho, que normalmente joga na linha entrou como goleiro.

As zagas e os goleiros trabalhavam bastante. E foi um goleiro que inaugurou o placar. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Fabrício, que estava adiantado, chutar forte e rasteiro no canto direito de Juninho fazendo um a zero para o River.

A partida continuou equilibrada e com a mesma pegada. Ataques e contra-ataques para os dois lados, porém, sem que o gol saísse. O goleiro Paulo fazia grande atuação, frustrando as tentativas de empate do Grêmio. Sem alterações no placar, o primeiro tempo foi encerrado.

Na volta, Juninho foi para a linha e Jhonatan assumiu o gol. E logo no reinício da partida, veio o empate. Rabisco recebeu a bola na esquerda e, num chute forte, acertou o ângulo direito de Paulo para botar igualdade no placar.

Mas, o Grêmio não teve muito tempo para comemorar. No lance seguinte, Gustavo cobrou uma falta pelo lado de fora da barreira e colocou o River novamente em vantagem. Os minutos se passavam e o Grêmio intensificava seus ataques, conseguindo empatar novamente com mais um gol de goleiro na partida. Jhonatan recebeu a bola e bateu com força fazendo o segundo do tricolor.

O resultado parecia justo, pois o equilíbrio entre as duas equipes era enorme. Mas, nenhum dos times se dava por satisfeito e buscava a vitória. O goleiro Fabrício jogava adiantado, em sua quadra, servindo os companheiros no ataque. Num desses lances , já no final da partida, a bola sobrou, na lateral direita da quadra, para Juninho que, aproveitando o goleiro adiantado, chutou por cobertura, colocando o Grêmio na frente. Não havia tempo para mais nada. A derrota teve um sabor amargo para o River, que fez uma grande partida.

Resultados e classificação

A última rodada promete, já que os cinco times ainda com chance dependem apenas de si para garantir a classificação. Vale do Sol, Ponte e Rua da Bica se classificam com um empate e River e Fernão necessitam de uma vitória simples. A luta pela vantagem de jogar por empates nas quartas também é grande, já que apenas o Aliança, com o primeiro lugar garantido, está certo de terminar entre os quatro primeiros.

11a-rodada-jogos-adiados