Domingo tem Samba na Praça ao lado do José Corrêa

991

Depois de mais de seis meses, evento está de volta com participação de artistas da região

Depois de mais de seis meses, o Samba na Praça está de volta. No próximo domingo, 26/5,  a partir das 14 horas, a festa que reúne artistas da cidade e da região volta a ser realizada, no estacionamento do Ginásio José Corrêa. Criado em 2011, o encontro tem como objetivo incentivar o ritmo brasileiro.

Nesta edição, os grupos que vão se apresentar, respectivamente são, pela ordem: Amigos da Cultura, da Secretaria de Cultura da cidade, Pagode com Tiganá, Bateria da Escola de Samba Oba Oba, Kaka Silva e Cia Paulista de Samba.

Sérgio Afinidade, um dos professores do grupo Amigos da Cultura, conta que não é a primeira vez que ele se apresenta no evento. “Desde a primeira edição do samba na praça, ainda no Jardim Belval, eu já participava”, lembra ele. “Hoje minha colaboração será com o grupo de professores Noel Medrado, Felipe Alves, Fábio, Sérgio Nicolas e Itálo Queiroz. Vamos tocar sambas conhecidos e grandes sucessos”, conta o professor de violão e cavaquinho ao Barueri na Rede.

Mudança e paralisação

Depois de um período de interrupção, o Samba na Praça voltou a ser realizado em novembro de 2017, como iniciativa do jornalista Gerson Pedro em parceria com sambistas, DJs e escolas de samba da cidade e apoio da prefeitura. A proposta era a de convidar os amantes do samba a passar a tarde ao som de grupos da cidade e da região.

No final do ano passado, a prefeitura passou a introduzir artistas famosos na programação e reduzir a duração do evento, até interromper por completo a realização na virada do ano. Desde então, uma longa negociação teve início para retomar a festa em seu formato original, o que voltará a acontecer no próximo domingo.

O Samba na Praça é um evento aberto ao público e gratuito. Além dos shows, o local conta com barracas de comidas e bebidas. Ele será realizado no estacionamento do José Corrêa, que fica na avenida Guilherme Perereca Guglielmo, 1000 – Centro.