Contra rival direto, Oeste tem vitória gigante fora de casa

313

Rubrão bate Paraná de virada em Curitiba, segura rival e fica a apenas um ponto do G-4

parana2
Oeste mudou de postura no segundo tempo, foi mais ofensivo,  e conseguiu a virada

O Oeste conseguiu uma vitória importantíssima na noite desta terça-feira, 31/10, em sua luta para subir para a série A do Brasileirão. Em disputa direta pelo acesso, o Rubrão bateu o Paraná em Curitiba de virada, por 2 a 1, com dois gols de Gabriel Vasconcelos, e colou no adversário. O time de Barueri chega aos 55 pontos e fica a apenas um dos paranaenses. Faltam cinco rodadas para o fim do campeonato.

O desafio era grande para o Oeste. Uma derrota praticamente significaria o fim do sonho do acesso. Além disso, o Paraná vinha de dez vitórias seguidas como mandante. Por isso, o rubro-negro reforçou seus cuidados defensivos e apostou em sua principal arma, o contra-ataque. O resultado foi um primeiro tempo sem grandes emoções.

Os times já se preparavam para ir para o intervalo com o placar em branco quando o Paraná abriu a contagem num lance isolado. Já nos acréscimos, Vinicius Kiss teve espaço para adiantar a bola diante da área do Oeste e bater forte e rasteiro. A bola tocou no chão, enganou Rodolfo e foi morrer no canto esquerdo do goleiro.

Para a segundo etapa, o time de Barueri voltou mais agressivo, com as entradas de Jheimmy e Henrique. Mas quem se destacou foi Gabriel Vasconcelos. Logo aos dois minutos ele quase empatou o jogo, mas foi impedido pelo zagueiro Maidana no momento do chute.

O jogo ficou perigoso, pois o Oeste, ao avançar, abria espaços para os paranaenses, que tiveram duas chances de ampliar. Mas a proposta do técnico Roberto Cavalo funcionou e o Rubrão empatou aos 21 minutos. Daniel Borges recebeu uma bola roubada na lateral direita e num passe longo encontrou Gabriel Vasconcelos, que entrava na área por trás da zaga. Ele recebeu diante do goleiro Richard, arrumou e tocou para marcar.

Com o empate, as coisas se inverteram. O Paraná adotou postura mais ofensiva e o Oeste voltou a apostar nos contra-ataques. E a virada veio aos 41 minutos. Numa saída rápida, Mazinho abriu a zaga com um toque de calcanhar para Jheimmy e ele ligou rápido para Gabriel Vasconcelos, que apareceu de novo na frente de goleiro. Desta vez, porém, o atacante deu um toque sutil sobre Richard, que saía a seus pés, e marcou um golaço, o seu segundo na partida.

Com a vitória, o Oeste volta a ter chance de entrar no G-4 na próxima rodada. Na terça-feira, 7/11, o time recebe o Figueirense na Arena, às 20h30. O time catarinense não faz boa campanha e está na 14ª colocação. Além de vencer, o rubro-negro tem de torcer por um tropeço do Paraná, que no mesmo dia enfrenta o Brasil, em Pelotas.

Em Curitiba, o Rubrão jogou com Rodolfo; Daniel Borges, André, Leandro Amaro e Guilherme Romão (Willian Cordeiro); Wilson Matias (Henrique), Betinho e Mazinho; Robert (Jheimmy), Lídio e Gabriel Vasconcelos.