Comunidade e Petrolina saem na frente no futebol

147

Com os 3 a 0 sobre o GR Olga, Comunidade dá enorme passo para a classificação. Petrolina faz 1 a 0 no América e as outras duas partidas terminam empatadas

 

gangafumaça
Torcidas de Ganga e Vila do Sapo fizeram uma festa digna da rivalidade, mas em campo houve pouco futebol/Fotos: BnR

Na abertura das quartas de final Campeonato de Futebol Amador de Barueri, o Comunidade foi quem deu o passo mais importante para a classificação. O time do Vale do Sol fez 3 a 0 no GR Olga e agora pode perder por dois gols que ainda assim se classifica. O Petrolina também melhorou sua situação ao fazer 1 a 0 no América. Já o Ceará, melhor time da primeira fase, ficou no empate contra o América, mesmo resultado do clássico Ganga e Vila do Sapo. No próximo domingo serão conhecidos os quatro finalistas do campeonato.

Comunidade 3 x 0 GR Olga

P1050897
Comunidade e Grêmio: jogo equilibrado decidido em dois minutos

Bastaram dois minutos para o Comunidade encaminhar sua classificação para as semifinais no jogo da tarde no Jarim Califórnia. Entre os 24 e 26 minutos do segundo tempo, o time do Vale do Sol marcou os três gols de um jogo que foi muito mais equilibrado do que sugere o placar. O GR Olga começou a partida com um jogador a menos e um goleiro improvisado. Ainda assim começou melhor, com Welington atormentando a defesa adversária. A partir dos 15 minutos, porém, o Comunidade começou a se impor, mas errando muitos poucos e com pouca produtividade. Apesar da vantagem numérica, teve uma única oportunidade real aos 38 minutos, quando um belo chute de Boquinha explodiu no travessão adversário.

O Grêmio voltou completo para o segundo, o que equilibrou a partida, mas o jogo era truncado e com poucas oportunidades. Até que o improvisado Edson teve dois lances infelizes aos 24 e 26 minutos, soltando bolas que permitiram que Fabrício e Téio fizessem 2 a 0 para o Comunidade. Os gols nocautearam o Olga, que tomou o terceiro aos 26, em rápido contra-ataque da equipe do Vale do Sol pela esquerda que resultou num cruzamento rasteiro perfeito que encontrou Fabricio livre diante do gol para marcar novamente. O jogo voltou então ao que era antes, o que foi órimo para o Comunidade, que manteve o marcador até o fim.

Veja como foi a rodada da Primeira Divisão do Futsal

Ceará 1 x 1 Argentino Jrs.

O que poderia ter sido uma vitória tranquila do Ceará, melhor time da primeira fase do Campeonato, terminou num empate por 1 a 1, que deixa o Argentino Jrs vivo para a partida de volta. Contando com a força do meio de campo com Edgar, Moisés e Camarão, a equipe do Mutinga abriu o placar no Jardim Califórnia logo aos 5 minutos, com Biel aproveitando boa jogada de Moisés. E teve tudo para definir o jogo ainda na primeira etapa, aproveitando-se do nervosismo do Argentino Jrs, em especial com a arbitragem. Mas não fez.

cearatrio
O trio de meio de campo formado por Camarão, William e Edgar é a força do Cerará, líder da fase de classificação

Mais calmos após o intervalo, os jogadores da Aldeia equilibraram o jogo e passaram a rondar o gol de Diego. O Ceará por sua vez buscava os contragolpes, mas sempre desperdiçava, confundindo pressa com rapidez. O jogo ia assim até que, aos 22, Danilo chutou quase sem ângulo e igualou o marcador. O empate fez o Ceará acordar. Já o Argentino Jrs parecia satisfeito e recuou, dando espaço para o meio de campo adversário. Mesmo assim, numa das poucas decidas, Pelé obrigou o goleiro adversário a fazer grande defesa. O Ceará martelou até o apito do árbitro, mas foi castigado com o empate.

Petrolina 1 x 0 América

Em jogo sob um sol escaldante, no Centro de Treinamento (CT), o Petrolina bateu o América pelo placar mínimo e melhorou sua situação para passar para as semifinais. Como já aconteceu em outras vezes, o América se apresentou com número menor de jogadores no início da partida: 10. Com desvantagem numérica, tratou de se fechar em seu campo, arriscando alguns contra-ataques, enquanto o Petrolina tentava, aos trancos e barrancos, abrir o placar.

petrolinagol
Alan faz o único gol da partida que deixa o Petrolina com boa vantagem na luta pela classificação

Aos 10 minutos do primeiro tempo, Geninho enfiou a bola para Rogério que foi à linha de fundo, se livrou do marcador e cruzou para Alan fazer Petrolina 1 x 0. Enquanto tomava o gol, o América completava seu time com a chegada de mais um atleta. O jogo ganhou equilíbrio, mas não qualidade. Foram 70 minutos de muito calor e suores improdutivos.

Ganga 0 x 0 Vila do Sapo

ganga1
Empate no clássico deixa tudo aberto para segundo jogo

Se há algo a ser destacado no clássico entre Ganga e Vila do Sapo são as torcidas dos dois times. Chegaram ao CT, botaram faixas no campo, soltaram fogos e luminosos, ocuparam as arquibancadas e fizeram muito barulho e fumaça. Em campo, o jogo até que foi movimentado. O Sapão parecia penso e quase só atacava pela esquerda, mas sem riscos à meta adversária. O Ganga tentava abrir espaços pelas laterais e pelo meio mas, tampouco, oferecia perigo.

O forte calor do sol do domingo, em que os atletas buscavam água o tempo todo, e os bate-bocas típicos da rivalidade deram a tônica da partida. A entrada de Birão no segundo tempo deu mais movimentação para o Ganga, que passou a agredir mais o adversário, mas sem conseguir finalizar com perigo. E tudo terminou como começou.

Resultados ida quartas futebol