Cipó atropela na São Silveira e quebra tabu

82

Pentacampeão entre os baruerienses, Wellington Bezerra, atleta do GRB até o ano passado, vence a prova na categoria Geral pela primeira vez

SS - largada

Wellington Bezerra, ex-atleta do Grêmio Recreativo Barueri (GRB), quebrou um tabu pessoal e venceu a categoria Geral da 40ª edição da corrida de São Silveira, disputada neste domingo, 20/12. Cipó, como é conhecido, buscava este título havia cinco anos. Competindo pelo GRB, ele foi pentacampeão da categoria Principal (apenas para atletas de Barueri) de 2010 a 2014, mas nunca havia vencido na Geral, que considera todos os competidores. Sua melhor colocação era um segundo lugar em 2013.

Cipó, que hoje compete pelo Cruzeiro, de Minas, fez uma prova perfeita e estratégica. “Conheço bem o circuito e administrei até a subida do Arsenal, porque a rampa é muito forte. Cheguei bem no topo e então forcei o ritmo”, explica. “Aí, senti que não perdia mais.” Seu tempo para os oito quilômetros foi de 24m17s.

E o dia foi dos brasileiros, que ocuparam as quatro primeiras colocações. A estrela da prova, o queniano Jacob Kemboy, chegou apenas na quinta colocação.

O próximo desafio de Wellington, que hoje mora em Itapevi, é a São Silvestre, dia 31. “Estou otimista, tenho treinado bem a acho que posso terminar abaixo dos 46 minutos”, afirma. Sua melhor colocação na prova paulistana foi um 12º lugar em 2013.

Outro destaque do dia foi a também ex-atleta do GRB, Jennifer Nascimento Silva, que chegou em segundo, atrás apenas da queniana Consolate Cherotich. Com isso, Jennifer, que atua pelo EC Pinheiros e mora no Jardim Silveira, ficou com o título da categoria Principal (veja mais em Campeões por Barueri têm seu melhor desempenho)

Festa para todos

A 40ª São Silveira foi uma grande festa em que não houve nenhum registro de problema na organização ou com os atletas. Como é comum, havia grupos de corredores amadores e famílias participando tanto da corrida quanto da caminhada.

Entre os personagens folclóricos havia mulheres vestidas de bailarina, um mosquito da dengue e um Papai Noel de roupa verde. Antes da prova, treinadores promoveram uma grande aula de zumba.

Uma das atrações foi a participação dos deficientes (veja mais em Emoção marca corrida entre os deficientes). A prova abriu inscrições para deficientes auditivos e visuais, pessoas com dificuldades motoras nos membros inferiores e nos superiores e também com deficiência intelectual. Nem todas as categorias tiveram atletas inscritos, mas os que participaram foram aclamados pelo público.

SS - cipo

Geral
CorridaCorrida2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Corrida3Corrida4