Tumulto entre ambulantes e guardas da CPTM gera insegurança em usuários

5199

Confusão aconteceu no último domingo, 28/1, na estação Antônio João  – Linha 8 Diamante. Vídeos mostram bate-boca e agentes correndo com cassetetes 

 

 

 

 

 

No último domingo, 28/1, um tumulto na estação Antônio João, linha 8 Diamante da CPTM, deixou usuários apreensivos. Vendedores ambulantes e agentes de segurança da estação entraram em atrito.

Um usuário registrou a confusão. Em um dos vídeos, é possível ver ambulantes jogando algum artefato contra os agentes, que estavam na plataforma da estação sentido Itapevi. Um dos guardas cai no chão e os demais correm com cassetetes em mãos atrás dos indivíduos que dispararam os objetos.

Outro vídeo mostra ambulantes dentro do trem discutindo com os agentes que estão na plataforma. As portas da composição ficam abertas por um bom tempo, atrapalhando a circulação do trem, e passageiros ficam assustados com a situação de insegurança. Vale lembrar que o valor da passagem foi reajustado este mês, passando a custar R$ 4,00.

Sobre o tumulto entre ambulantes e guardas, o Barueri na Rede procurou a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, que não se pronunciou sobre o caso.

O comércio ambulante é ilegal, mas ocorre livremente em boa parte das estações da linha 8 Diamante, que liga Itapevi a Júlio Prestes. Usuários podem fazer denúncia dessas ações por meio de mensagens SMS no número 97150-4949 ou denunciando no serviço de atendimento ao usuário no 0800 055 0121.