Talita, que teve o rosto desfigurado, faz vaquinha para cirurgias

2958

Além de ter que passar por pelo menos mais dez cirurgias, jovem pretende fazer cursos profissionalizantes para ter renda própria

A moradora do Chácaras Marco, Talita Regina Rocha Oliveira, que foi brutalmente agredida pelo ex-companheiro em novembro de 2017, está fazendo uma vaquinha online para arrecadar dinheiro para cirurgias e cursos profissionalizantes (relembre o caso). A jovem deve passar por pelo menos mais dez operações.

Talita foi atacada a dentadas pelo ex-companheiro na casa da mãe, no bairro do Chácaras Marco. Até o momento, ela já passou por sete cirurgias na orelha esquerda, que perdeu boa parte durante o ataque, por mais uma na orelha direita, para retirada de cartilagem que foi utilizada na orelha afetada, além de outras cinco operações no nariz.

Em um grupo fechado com mulheres que também sofreram agressões domésticas, surgiu a ideia de criar uma vaquinha, já que algumas destas cirurgias não são cobertas pelo Sistema Único de Saúde (SUS).  “Faltam em torno de dez cirurgias. Ainda não respiro pelo nariz e ainda falta um longo processo para isso”, desabafa Talita ao Barueri na Rede.

Ela conta que na época perdeu o emprego e hoje vive na casa da mãe com três filhos. Por isso, agora busca uma oportunidade de ganho de renda. “Preciso do dinheiro não apenas para as cirurgias, mas pretendo fazer cursos profissionalizantes. Quero fazer estética e massagem, trabalhar com a área de maquiagem e colocação de cílios, espero conseguir crescer muito durante esse ano”, conta Talita, esperançosa, ao BnR.

Para ajudar Talita a arrecadar dinheiro para as cirurgias e os cursos profissionalizantes, o link para a vaquinha online é Ajude Talita.