São ampliados grupos prioritários para vacina contra a gripe

529

A partir desta semanatambém passam a receber a vacina crianças de 5 a 9 anos, e adultos de 50 a 59

O Ministério da Saúde prorrogou a campanha de vacinação contra a gripe e ampliou o  número de grupos de risco. O motivo foi o fato de a campanha nacional, que terminou na sexta-feira, 22/6, ter atingido baixo índice de imunização. A nova fase começou na última segunda-feira, 25/6, nos municípios que ainda tiverem doses, caso de Barueri. A vacinação ocorrerá até que o estoque se esgote.

Aqui, para quem faz parte dos grupos considerados de risco e ainda não se imunizou, a vacina está disponível nas 16 UBS da cidade durante seus horários de funcionamento.

Segundo dados do Ministério da Saúde, até a semana passada, 83% do público alvo havia sido vacinado nos postos de saúde de todo o Brasil. Além de não ter alcançado a meta total, outro fator que contribuiu para que as vacinas fossem estendidas é a chegada do inverno, período de maior circulação do vírus da gripe.

A escolha dos grupos prioritários para a imunização contra a gripe segue recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), e são priorizados os mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias.

Confira a lista atualizada dos grupos prioritários:

Têm preferência pela vacina crianças entre 6 meses e menores de 5 anos; crianças de 5 a 9 anos; adultos de 50 a 59 anos; gestantes; puérperas até 45 dias após o parto; trabalhadores da saúde; indígenas; pessoas com doenças crônicas/imunodeprimidos; pessoas com 60 anos ou mais; população prisional e os funcionários do sistema prisional (SAP e outros); adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas; e professores das escolas públicas e privadas.