Professores da rede pública reclamam de falta de apostilas

916

Até o momento foi entregue apenas um kit escolar sem conteúdos específicos de cada bimestre e disciplina

Alunos e professores da rede municipal de Barueri ainda não receberam o material didático. No caso dos professores, durante as aulas estão sendo trabalhadas as disciplinas de forma geral com o uso de livros paradidáticos.

O BnR apurou que, em algumas escolas, os professores estão montando seu próprio material provisório, para poder dar aulas e não contar apenas com os livros com conteúdos genéricos, como é o caso das escolas Emefs Alexandrino da Silveira Bueno, no Jardim Silveira; Profª Rita de Cássia Camargo Rocha, no Jardim São Vicente de Paula; e Bruno Tolaine, no Parque Viana.

Professores dessas escolas alegam que estão sem apoio, realizando suas atividades nas horas vagas. ”A professora da minha filha nos informou que teve que aplicar uma prova para a sala do quinto ano do fundamental, com conteúdos do ano passado, pois ainda não foram entregues as apostilas aos docentes”, relata uma mãe de aluno, ao BnR.

Questionada quanto ao atraso na entrega de materiais escolares aos alunos, e também das apostilas de cada disciplina aos professores, a Secretaria de Comunicação (Secom) enviou a seguinte nota: “Os materiais de Apoio Pedagógico (apostilas) dos alunos já estão sendo entregues em todas as escolas da rede. É importante lembrar que no início deste ano letivo, todos os professores da rede receberam o kit do professor com material de acordo com a sua disciplina”.

Entretanto, de acordo com professores ouvidos pelo site, esse kit contém apenas uma caixa com livros paradidáticos, que são publicações paralelas ao conteúdo principal utilizados como reforço no ensino da disciplina específica.