CPTM e Metrô conseguem liminar para manter circulação de trens

2679

A Secretaria dos Transportes Metropolitanos informou que o Metrô funcionará com 100% de funcionários em horários de pico e 80% no restante, enquanto a CPTM vai manter 100% da operação durante toda a sexta-feira, 14/6

Na próxima sexta-feira, 14/6 está prevista uma greve geral contra a reforma da previdência em todo o país. As centrais sindicais estão convocando trabalhadores de diversas categorias para a paralisação, que também reivindica o contingenciamento na Educação e maior geração de empregos formais. Porém, em São Paulo o Metrô funcionará com 100% da frota durante os horários de pico, e 80% no restante, enquanto a CPTM vai operar normalmente, é o que garante a Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM).

Em Barueri, a linha da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) que atende passageiros é a linha 8 – Diamante. De acordo com a STM, a justiça determinou que a CPTM funcione normalmente, com 100% da frota durante a sexta-feira. Já o Metrô terá 100% de seus funcionários durante os horários de pico e 80% no restante.

A STM, em nota, ainda afirmou que considera a greve ideológica e que serão prejudicados cidadãos que utilizam o transporte público como único meio de locomoção. Veja a nota na íntegra:

“Diante da proposta de greve dos sindicatos nesta sexta-feira, a Secretaria dos Transportes Metropolitanos, por meio de suas empresas, toma todas as medidas judiciais necessárias para garantir o transporte dos passageiros. Esta Pasta considera o objetivo da paralisação ideológico e conta com o bom senso das categorias para que não prejudiquem mais de 8 milhões de trabalhadores que dependem diariamente do Metrô e da CPTM. Serão prejudicados trabalhadores, estudantes e todas os cidadãos que têm o transporte público como único meio de locomoção. 
No momento em que vivemos , esta greve contraria os objetivos do país, ao prejudicar a mobilidade de quem vive em São Paulo e precisa se locomover para trabalhar. O Metrô conseguiu liminar para manter 100% do quadro de servidores nos horários de pico e 80% no restante. A CPTM conseguiu liminar para manter 100% do quadro durante todo o horário de operação.”