Campanha de vacinação contra sarampo acaba na sexta-feira, 16/8

896

Com 26 casos confirmados na cidade, munícipes de 15 a 29 anos, crianças de seis a 11 meses e pessoas que não estão com a caderneta de vacinação em dia devem procurar a UBS mais próxima até o fim da semana

Na sexta-feira, 16/8, termina a campanha de vacinação contra sarampo em todo o Brasil. Em Barueri, ao todo foram confirmados 26 casos da doença. Podem se vacinar pessoas de 15 a 29 anos, bebês  dos seis  aos 11 meses, e pessoas que não estejam com a carteira de vacinação em dia.

A campanha na cidade teve início em julho, após um caso de sarampo confirmado na época. Desde o dia 5/8, a vacina foi ampliada também a bebês de seis aos 11 meses. Após o público prioritário ser estendido, algumas mães procuraram o Barueri na Rede por não conseguirem imunizar seus filhos nas UBS da cidade. Na ocasião, o BnR entrou em contato com a Vigilância Epidemiológica, que informou que algumas unidades ainda não estavam sabendo da liberação da vacina para bebês. (relembre)

De acordo com o Ministério da Saúde, a campanha recomenda a vacina a pessoas de 15 a 29 anos, além de munícipes de outras faixas etárias que não esteja com a vacina de sarampo em dia. A cidade ainda está vacinando crianças de seis a 11 meses, com uma reaplicação aos 12 e aos 15 meses. Após o fim da campanha, serão vacinados somente o público previsto pelo Calendário Nacional de Vacinação: bebês dos seis aos 12 meses com um reforço aos 15 meses, menores de 30 anos sem a comprovação das duas doses da tríplice viral, e maiores de 30 anos que não comprovem ao menos uma dose da vacina.

Segundo o Ministério da Saúde, uma pessoa com sarampo pode contagiar até outras 18 pessoas. Até o momento, Barueri teve 26 casos confirmados da doença e 103 em investigação. Foram vacinadas 33.731 pessoas em 2019, sendo 23.219 com idades entre 15 e 29 anos, 9.147 pessoas com mais de 30 anos, e 1.365 na faixa de um a 14 anos.

Só é considerado vacinado o munícipe que comprovar o recebimento de duas vacinas que tenham o componente sarampo. Quem comprovar as doses conforme preconizado para a sua faixa etária não precisa mais se imunizar. A vacina contra o sarampo não é recomendada a gestantes e a imunodeprimidos, que são pacientes oncológicos ou em tratamento contra leucemia.

A vacina contra sarampo pode ser encontrada nas 18 Unidades Básicas de Saúde (UBS) da cidade. No caso da UBS do Jardim Paulista, o atendimento está funcionando 24 horas.