Barueri entre as melhores da Grande SP na gestão ambiental

346

Município ficou em 3º lugar no Programa Município Verde Azul (PMVA), entre cidades da Região Metropolitana

Barueri está entre as melhores cidades da Grande São Paulo no Programa Município Verde Azul (PMVA) da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, que mede e apoia a eficiência de gestão ambiental nos municípios. A cidade ficou em terceiro lugar no ranking da Região Metropolitana de São Paulo em 2018.

Ao todo, integram o projeto 645 municípios. No ranking geral, considerando todas as cidades, São José do Rio Preto ficou em primeiro lugar com nota de 94.65. Barueri ficou  em 122º lugar com 57.83 pontos, subindo 55 posições em relação a 2017. Entre as 39 cidades da Grande São Paulo, Barueri fica em terceiro, atrás de Guararema (15º lugar no geral com 89.48) e Mogi das Cruzes (56º lugar no geral com nota 81.23).

Para composição das notas, que vão de 0 a 10, são levadas em consideração dez aspectos: arborização urbana; biodiversidade; conselho ambiental; educação ambiental; esgoto tratado; estrutura ambiental; estrutura e educação ambiental; gestão das águas; município sustentável; qualidade do ar; resíduos sólidos; e uso do solo.

Barueri conseguiu a melhor nota na diretiva de resíduos sólidos, conquistando 8.69. A nota mais baixa da cidade foi de 4.07 em gestão das águas. A cidade aumentou a nota em todos os aspectos, exceto biodiversidade e conselho ambiental, que tiveram desempenho inferior ao do ranking de 2017.

Para melhorar a colocação no ranking, a Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente (Sema) estuda criar um programa de Pagamento por Serviços Ambientais, implantar placas de captação de energia solar na área do aterro municipal e realizar uma consulta pública sobre arborização urbana. A construção de dois parques, um no Parque Santa Luzia e outro no Chácaras Marco, também está nos planos.

O ranking completo pode ser consultado no site do programa (aqui). Confira as notas da cidade: