Baep cria WhatsApp denúncia para combater crimes na região

1880

Batalhão de Operações da Polícia garante sigilo e pede que serviço seja usado para crimes graves, como tráfico e roubos

O 5° Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep) lançou o WhatsApp denúncia. Pelo número (11) 96647-0413, a população pode passar informações sobre crimes na cidade. O Baep, que atua em Barueri e em outros 14 municípios, garante o sigilo da fonte.

As denúncias, no entanto, devem ser graves como contou o sub-comandante do batalhão, major Fernandes, ao Barueri na Rede: “Tudo se destina àquelas denúncias mais graves. Por exemplo, o cidadão quer reclamar de pancadão na rua onde mora ou algum caso de pichação, isso não é com a gente. O nosso foco são ocorrências mais graves do crime organizado, como tráfico de drogas, roubos a mão armada, roubo de veículos, roubo de cargas, etc”.

Denúncias de pessoas foragidas e procuradas pela justiça também podem ser feitas pelo serviço do batalhão. “Garantimos o sigilo da fonte. Em hipótese alguma essa fonte é divulgada. A pessoa também não precisa se identificar”, esclarece o major Fernandes. As denúncias chegam ao Baep, onde é feita uma triagem e posterior investigação dos casos. 

“Temos resultados positivos, principalmente em relação ao tráfico. Recebemos em média, quatro ou cinco ocorrências de flagrante em refinarias e centrais de distribuição de drogas”, conclui o major. Para denúncias anônimas de crimes menores, o 181 é o número indicado e funciona 24 horas por dia. 

O Baep cobre os municípios de Barueri, Santana de Parnaíba, Carapicuíba, Osasco, Itapevi, Jandira, Cotia, Vargem Grande Paulista, Pirapora do Bom Jesus, Taboão da Serra, Embu das Artes, Itapecerica da Serra, São Lourenço da Serra, Embu Guaçu e Juquitiba.