Churrasqueiros da região levam a arte do assado para o mundo

1501

Craques fazem parte da Associação dos Churrasqueiros do Brasil e participam de competições internacionais

Equipe brasileira estende a bandeira do Brasil no Mundial da Irlanda/Fotos: AChB

Nos bastidores do campeonato de churrasco, que será realizado neste fim de semana em Barueri, está um time de churrasqueiros da região que têm levado a arte brasileira do assado pelo mundo. Eles fazem parte da Associação dos Churrasqueiros do Brasil (AChB), que foi fundada em 2016 em Osasco e tem na sua diretoria representantes de Barueri, Osasco, Cotia, Carapicuíba e de São Paulo.

A entidade nasceu à medida que o pessoal foi se conhecendo em eventos de churrasco. Desde então, o time começou a participar de campeonatos pelo Brasil afora e também em competições internacionais.

Barueriense André Bolla em ação: divulgando a arte do assado

Rapidamente começaram a aparecer os resultados. Em 2017, a equipe nacional disputou o Mundial na Irlanda. Foi a primeira vez que um time brasileiro participou de uma competição dessa importância. Como era estreia, os brasileiros conseguiram apenas um 74º lugar.

Mas em 2018 o time foi vice-campeão em uma disputa realizada no Chile. E este ano, os churrasqueiros voltaram ao Chile, para disputar um torneio internacional com equipes latino-americanas e europeias e obtiveram o quatro lugar geral, vencendo na categoria suíno e ficando em segundo em cordeiro e costela bovina.

André Bolla, barueriense e diretor da AChB, conta que a colocação na categoria cordeiro foi um grande feito, especialmente por ser conquistada no Chile, que tem longa tradição na criação de ovelhas e na preparação deste tipo de carne. E, claro, o título em carne de porco. “Fizemos uma costelinha suína acompanhada de um molho barbecue de frutas vermelhas levemente apimentado”, lembra ele. “Foi espetacular.”

Mais de 20 anos de experiência

Bolla entrou para o mundo do churrasco em 1994, e logo começou organizar eventos. Até que em 2017 começou a fazer um programa sobre o assunto no Canal Alpha Channel, da TV Alphaville. Nesta época, foi convidado para disputar um campeonato promovido pela ACB. “Tentei me inscrever por causa de uma receita autoral, porém não sabia ainda da amplitude que o churrasco tinha em nível de competição”, conta André. “Acabei sendo juiz numa etapa que ocorreu em Araraquara e daí fui me aperfeiçoando até chegar a oportunidade de ir ao Mundial da Irlanda.” Hoje, ele é coordenador da seleção brasileira de Barbecue e, desde 2018, tornou-se credenciado como juiz pela World Barbecue Association (WBQA), a associação mundial do churrasco.

Bolla na Irlanda: mais de 20 anos de churrasco

No domingo, a Associação promove a terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Churrasco, competição que classifica para competições internacionais, que terá várias barracas com diversas opções de carne e até vegetariano (Leia sobre o evento, que será realizado no Parque Dom José, em Barueri, neste fim de semana, aqui: Parque Municipal recebe campeonato de churrasco). O circuito nacional prevê eventos em julho e agosto na capital, respectivamente no Parque Villa Lobos e na Vila Guilherme. Os vencedores participarão de torneios no Chile, em setembro e no México, em novembro. E em setembro, a equipe participa do Brazilian BBQ Festival, em Portugal.

No entanto, além de fomentar os festivais e competições, a Associação tem como objetivo valorizar a cultura do churrasco. Para isso, promove cursos para os interessados. E neste momento também está engajada num projeto próprio que visa tornar a atividade de churrasqueiro uma profissão regulamentada.