Chamusca desiste e Renan Freitas vai dirigir Oeste em 2019

440

Marcelo Chamusca aceitou convite do vitória e abandonou Rubrão. Clube fez opção por profissional da casa

Antes mesmo de se apresentar, o técnico Marcelo Chamusca abandonou o Oeste e aceitou convite para treinar o Vitória, da Bahia, em 2019. A notícia pegou de surpresa e causou indignação na direção do Rubrão, que tinha acertado com o treinador na segunda-feira, 4/12, e já havia definido a data de início do trabalho.

Em nota oficial, a direção do rubro-negro criticou o comportamento de Chamusca e do clube baiano. “O Oeste lamenta a falta de ética e o aliciamento de um técnico que estava empregado. Também lamenta não poder contar com um profissional que havia dado sua palavra e já apresentado seu auxiliar e preparador-físico ao clube”, afirma a declaração do clube.

renan
Renan é solução caseira

O escolhido para substituir Chamusca é um profissional da casa, o auxiliar técnico Renan Freitas, de 34 anos de idade. Ele está no Oeste há 11 anos e assumiu o comando da equipe interinamente em mais de uma oportunidade, inclusive no início deste ano. No período em que está no clube, foi campeão do interior paulista em 2011, participou do acesso da Série D para a C do Campeonato Brasileiro e foi campeão nacional da Série C em 2012. Atualmente, está concluindo um curso para técnicos de futebol da CBF na Granja Comary, em Teresópolis (RJ).

O elenco do Rubrão se reapresenta na quinta-feira, 13/12, no Centro de Treinamento da Vila Porto, para iniciar a preparação para a próxima temporada. Em 2019, o time vai disputar a divisão principal do Campeonato Paulista, a Copa do Brasil e a série B do Brasileirão.