Caixa Baixa, quatro anos de samba e solidariedade

180

Projeto que usa o samba para fazer o bem festeja seus quatro anos com uma grande festa neste sábado no Parque dos Camargos

caixao
Grupo festeja o quarto aniversário mantendo os conceitos que adotou desde o princípio: difundir o samba e praticar solidariedade

 

Foi no começo de novembro de 2012. Sentados num bar do Jardim Paulista, João Santana e Paulo Vinil olhavam para a praça vazia em frente quando começou a conversa. O bairro era carente de atrações e não havia um lugar para o samba que eles tanto apreciavam. Não precisou de muita cerveja para surgir a decisão de criar o próprio grupo musical.

Rapidamente se juntaram Anderson Carioca e Alexandre Pescoço, que antes tinham participado do grupo Cá pra Nós. Mas não bastava apenas a música, os parceiros logo combinaram que a ideia tinha que ter uma motivação social. E decidiram que tocariam cobrando de entrada alimentos, brinquedos, roupas e livros para doação a entidades filantrópicas. “A gente via muito pai desempregado, faltando coisa em casa, e resolvemos pedir alimentos para ajudar”, lembra Santana. Foi assim que nasceu o Projeto Caixa Baixa. O nome foi inspirado nos personagens do filme Cidade de Deus.

Um amigo, o Índio, estava montando uma bar ali perto, na rua Israel, e convidou os amigos para tocar lá. Foi quando nasceu a ideia de fazer uma apresentação mensal. O público gostou e a ideia pegou. Mas logo o bar fechou e Alexandre Testa, DJ que também se apresentava no local, indicou a rapaziada para a choperia Kaeru’s, na avenida Zélia. Nunca mais saíram, nem quando o lugar mudou de proprietário. “O Leandro, o novo dono, abraçou a gente e estamos lá até hoje”, conta João Santana.

Durante esses anos, a formação variou um pouco. Passaram pelo Caixa Baixa João Santana, Anderson Carioca, Alexandre Pescoço, Edmilson Salgado, Martinez, Paulo Vinil, Cleyton Jeito Moleque, Ederson Chimu, Fabiano Bill, William Alexandria e Rogerinho.

Hoje o time é composto por Santana, Carioca, Jean Costa, Eler Vilas Boas, Paulo Vinil, Rogerinho do Banjo e André Damião. São eles que vão tocar neste sábado, 19/11, na Kaeru’s, na apresentação especial para celebrar o quarto aniversário do projeto, a partir das 17 horas..

Samba de Raiz

Musicalmente, o Caixa Baixa sempre esteve comprometido com o samba de raiz. No início, fizeram vários tributos para grandes compositores e cantores, como Sombrinha, Dona Ivone Lara, Clara Nunes, Zeca Pagodinho e Arlindo Cruz. A ideia era apresentar os autores dos grandes sambas ao público.

caixabaixamunicipal
Em setembro, noite de gala no Teatro Municipal com homenagem ao Fundo de Quintal

Outro caminho foi homenagear os sambistas de Barueri. Foram convidados especiais das apresentações nomes como Azambuja, Tuca Jones. Claudemir do Grupo Barracão, Marquinhos Satã, Nildo do Grupo Contexto e Leandro Castelo.

Além das apresentações mensais do Projeto Caixa Baixa, o grupo sempre se apresenta em ações beneficentes. Já tocou no Pagode da Família, em Itapevi, no Samba da Comunidade, do Parque dos Camargos, por exemplo. Também foi homenageado por Lecy Brandão e recebeu da Escola de Samba Mocidade Marihá, do Jardim Belval, o Anel de Bamba. Regularmente está nos bares da Vila Madalena. Em setembro, fez uma apresentação de gala no Teatro Municipal de Barueri, quando homenageou o grupo Fundo de Quintal.

Solidariedade

Samba à parte, o time se orgulha das iniciativas sociais. Não sai da memória da rapaziada o dia em que foram entregar alimentos numa creche em Itapevi. “A luz tinha sido cortada e não havia comida,”, lembra Santana. “Quando a gente chegou, a criançada fez uma festa.”
O material doado por quem vai ao Projeto Caixa Baixa é entregue a ONGs, orfanatos e até diretamente para as pessoas, como uma senhora que sozinha cuida dos netos. “Ela diz que nós somos anjos que apareceram na vida dela, isso é muito gratificante.”

Hoje, os sonhos do grupo são ter seu próprio espaço, mais amplo, e gravar um DVD com músicas próprias e também de outros autores. “Estamos negociando as duas coisas, vamos conseguir”, afirma João Santana.

Neste sábado, dia 19/11, a partir das 17 horas, o Projeto Caixa Baixa comemora seus quatro anos no endereço de sempre, a choperia Kaeru’s, que fica na avenida Zélia, 895, no Parque dos Camargos. A entrada é gratuita, mas o grupo convida quem for a doar algum alimento não perecível, brinquedo, roupa ou livro.