Batalhão especial da polícia começa a operar sábado

2175

Unidade de elite que vai integrar as Forças Táticas de 15 cidades da Região Oeste da Grande SP terá 180 policiais e está instalada no Parque Imperial

baepx1
Novo batalhão, preparado para atender ocorrências mais complexas, foi instalado na base da Força Tática de Barueri, no Parque Imperial,/Foto:BnR

Começa a operar neste sábado, 26/11, o Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep) de Barueri. Nos últimos dias, oficiais do 20º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (20º BPM/M), sediado na cidade, correram para tomar as últimas providências e colocar em ação a nova unidade, que está instalada na base da Força Tática do Jardim Imperial. A escala de trabalho dos policiais para os primeiros dias foi finalizada na tarde de sexta-feira, 25/11.

O novo batalhão vai centralizar em Barueri as equipes de Força Tática dos 15 municípios que compõem a Região Oeste da Grande São Paulo e que estão subordinadas a seis BPM/Ms. Ele terá um contingente de 180 homens, mas as unidades da FT continuarão existindo em cada cidade, segundo apurou o BnR. De acordo com fontes ligadas à nova unidade, ela atuará em conjunto com a Força Tática, sendo acionada em situações especiais.

Leia mais sobre o novo batalhão: Barueri terá primeiro Batalhão de Ações Especiais da Polícia da Grande SP

Na sexta-feira, 25/11, o Comando de Policiamento da Área Metropolitana 8 (CPA/M 8), sediado em Osasco e responsável por toda a região, divulgou nota reafirmando que a Força Tática não será extinta, como antecipou o Barueri na Rede em reportagem publicada na véspera. Segundo o comunicado, “deixamos claro que não houve qualquer forma de extinção das Força Táticas nos municípios em questão, mas tão somente a centralização desse contingente, que unida agora em forma de batalhão desenvolverá maior padronização de treinamento e orientação operacional, de forma a potencializar as ações de alto risco proporcionando melhores serviços à comunidade”.

baepultima
Baeps têm viaturas e armamentos especiais

Os Baeps fazem parte de um projeto de reestruturação da PM. O de Barueri é o quinto no Estado e o primeiro da Região Metropolitana. Os outros estão no Vale do Paraíba, em Campinas, na Baixada Santista e na zona leste da capital. Os policiais do Baep passam por treinamentos específicos e as equipes contam com armamento diferenciado, como fuzis, submetralhadoras, carabinas e espingardas, e veículos especiais.

Suas equipes, tratadas pelo governo do Estado como “tropas de elite”, são preparadas para atuar em casos de maior complexidade, como sequestros, negociações com criminosos, manifestações públicas, crime organizado e tráfico de drogas.

O batalhão de Barueri será formado por contingentes das unidades da Força Tática das seguintes cidades: Barueri, Itapevi, Jandira, Itapecerica da Serra, Taboão da Serra, Santana de Parnaíba, Pirapora do Bom Jesus, Embu das Artes, Embu-Guaçu, Osasco, Carapicuíba, Vargem Grande Paulista, Cotia, São Lourenço da Serra e Juquitiba. Os policiais tiveram a opção de aceitar ou não agregar-se à nova unidade ou permanecer em suas bases de origem. O Barueri na Rede apurou que muitos optaram por ficar onde estão.

[sam_ad id=”7″ codes=”true”]