Barueri bate Osasco e sai na frente na decisão do vôlei

161

São Paulo/Barueri leva a melhor em jogo equilibrado, vence por 3 a 0 e decide na sexta o titulo paulista

Lorenne atacando: tormento para o Osasco/Fotos: Barueri Esporte Forte

Numa partida muito equilibrada em que teve que virar três vezes o placar adverso e se superou nos momentos-chave do jogo, o São Paulo/Barueri venceu o Audax Osasco por 3 a 0 (parciais de 25-22, 26-24 e 26-24) na noite de quarta-feira, 6/11 no ginásio José Correa, e saiu na frente na decisão do Campeonato Paulista de vôlei feminino.

O Osasco começou melhor o jogo e se aproveitou da desconcentração do Barueri para sair na frente. As visitantes chegaram a fazer 8-2, mas aí começou a primeira virada da noite. O Barueri ajustou defesa e ataque e, numa reação fulminante, empatou em 8-8. Não foi só. O time manteve a agressividade e chegou a 15-10. Maira, Tainara e Lorenne brilharam e conduziram o time à vitória por 25-22.

O segundo set começou com o Barueri defendendo muito. O time abriu ligeira vantagem, que manteve até Osasco fazer 10-9. O jogo continuou equilibrado até o empate em 14 pontos, quando as visitantes encaixaram uma sequência de seis pontos, abrindo 20-14. O set parecia perdido, mas Barueri iniciou uma reação ponto a ponto até empatar em 22-22 e conseguir sua segunda virada, fazendo 26-24 num final de set empolgante.

Lorenne, o nome do jogo

A terceira parcial foi diferente das duas anteriores, com menos intensidade e muitos erros de ambos os times. Osasco manteve pequena vantagem durante todo o período e Barueri só conseguiu igualar em 22-22. As visitantes chegaram a ter um set point a seu favor, mas nos instantes finais, Lorenne foi fulminante no saque e no ataque e liderou a equipe até o final em 26-22.

O destaque da noite foi exatamente a oposta Lorenne. Ela jogou com grande intensidade durante toda a partida, sacou com qualidade, bloqueou e foi mortal no ataque, com 19 pontos.

São Paulo/Barueri e Audax Oasco voltam a quadra na sexta-feira, 8/11, às 21h30, no ginásio José Liberatti. Se Barueri vencer, sagra-se campão paulista. Em caso de vitória de Osasco, o título será decidido no golden set.