Após denúncia do BnR, Furlan vistoria setor de raios X do Sameb

1366

Comitiva confirmou os problemas apontados pelo Conselho Regional de Radiologia e revelados na reportagem 

O prefeito Rubens Furlan vistoriou na quarta-feira, 21/11, as dependências dos setores de raios X dos pronto-socorros infantil e adulto de Barueri (Sameb). Ele estava acompanhado de assessores, funcionários e representantes da organização social (OS) Diretrizes, que está administrando provisoriamente as unidades.

Segundo funcionários e pacientes relataram ao site, a comitiva levantou os pontos apresentados na reportagem do Barueri na Rede, publicada na manhã da própria quarta-feira. A reportagem informava que os dos pronto-socorros passaram por uma vistoria realizada por fiscais do Conselho Regional dos Técnicos em Radiologia (CRTR-SP). Eles apontaram problemas como aparelho quebrado e falta de máquina portátil no PS infantil e falta de itens de proteção para os técnicos, equipamento sem licença e ausência de luz de alerta do lado de fora da sala, no PS adulto.

Sala de raios X desativada: destino do aparelho não foi informado/Fotos: BnR
Sala de raios X desativada: destino do aparelho não foi informado/Fotos: BnR

A vistoria encontrou ainda uma das três salas desativada sem informações sobre o paradeiro dos equipamentos e registrou que durante a visita uma das máquinas quebrou. O relatório apontou ainda falta de dosímetro para os operadores. O aparelho é um item de segurança importante, pois mede a exposição dos profissionais à radiação. Os fiscais também concluíram que o número de

Aparelho de raios X quebrado, o que compromete o atendimento no Sameb
Aparelho de raios X quebrado, o que compromete o atendimento no Sameb

profissionais trabalhando no setor é insuficiente.

A primeira informação que o grupo do prefeito obteve era de que tudo funcionava bem. Mas naquele momento foi possível perceber que o setor estava lotado, a espera era superior a uma hora e havia duas salas inutilizadas – uma do PS infantil que está em reforma para pintura há pelo menos uma semana, restando apenas duas em operação para toda a demanda dos dois pronto-socorros. Segundo fontes ouvidas pelo BnR, mais de 300 pedidos de exames de raios X são feitos por dia.

Uma das salas de raios X está vazia e a informação é de que foi desativada para instalação de equipamento de tomografia, o que nunca aconteceu. Servidores ouvidos pelo BnR afirmaram que desde julho, apenas dois, dos quatro aparelhos portáteis, está funcionando, sendo que um deles, o que fica no berçário, não pode ser movido por conta do peso – e que na necessidade de atender os pacientes no leito, por exemplo, os profissionais precisam passar de um prédio ao outro com o único aparelho disponível. A prefeitura anuncia que os PS receberão novos aparelhos de raios X e o equipamento de tomografia “nos próximos meses”.

Durante a visita, Furlan afirmou que o Sameb ganhará no prazo de um mês mais 30 leitos, obtidos com o remanejamento de setores administrativos.