Alunos de atletismo estão sem professor no Silveira

590

Problema atinge turma, de mais de 90 participantes, desde dezembro, segundo frequentadores

Munícipes que praticam atletismo no complexo do ginásio de esportes do Jardim Silveira estão sem professores desde dezembro. Alunos contaram ao Barueri na Rede que nesta quarta-feira, 13/2, um profissional de outra modalidade foi colocado para dar alongamento para a turma.

Em dezembro de 2018, o grupo de atletismo, que conta com mais de 90 alunos com idades a partir de 18 anos, teve as aulas interrompidas depois que o antigo professor foi demitido. Até o início desta semana, quase dois meses depois, o curso, que ocorria diariamente, continuava interrompido, sem um novo profissional e nenhuma informação concreta para os participantes.

Na sexta-feira, 15/2, o relato dos alunos é de que, há dois dias, as aulas voltaram a ser realizadas, mas com um professor de outra modalidade. Durante quarta e quinta-feira, foram propostas atividades de alongamento na pista de atletismo, porém, de modo improvisado.

Ao Barueri na Rede, a Secretaria de Esportes confirmou a interrupção das atividades em dezembro em razão das festas de fim de ano, e em janeiro, por causa das férias, mas afirmou que atualmente “o local conta com professores da prefeitura que estão trabalhando normalmente para atender toda a demanda”.

A pasta disse ainda que as atividades no local serão suspensas em breve para a demolição do atual centro esportivo, elevação do terreno e construção de outro com “campo sintético com iluminação, nova pista de atletismo, diversas salas de atividades esportivas de diferentes modalidades e um projeto inédito com dois ginásios, um por cima do outro”.